Levantamento Do Rio CVB Aponta Números Otimistas Para O Verão Carioca

Réveillon e carnaval devem movimentar R$ 6 bilhões na economia da cidade 

Com uma imagem atrelada à praia e calor de 40 graus, a chegada do verão é sempre uma época aguardada pelo turismo carioca, que registra um número maior de visitantes na cidade. O réveillon marca o início dessa temporada agitada com a tradicional queima de fogos na praia de Copacabana, considerada uma das maiores festas do mundo. A estimativa do Rio Convention & Bureau (Rio CVB) é que o espetáculo movimente R$ 2 bilhões na economia da cidade. Já o carnaval com a volta dos blocos de rua em 2023 deve movimentar R$ 4 bilhões. 

(Arquivo) 

Além da virada do ano e da folia de Momo, o Rio de Janeiro tem conseguido atrair importantes eventos de médio e grande porte. Universo Spanta 2023, Tattoo Week Rio 2023, Corrida de São Sebastião, Rio Matsuri e Rio Open 2023 são algumas das atrações confirmadas entre dezembro de 2022 e fevereiro de 2023. A expectativa é que a cidade receba um público de aproximadamente 100 mil pessoas para esses eventos. O levantamento do Rio CVB aponta uma receita de R$ 436 milhões e recolhimento de R$ 21 milhões em Imposto sobre Serviços (ISS). 

O aumento do número de circulação nos equipamentos turísticos do Rio durante a estação é reflexo não apenas da chegada de turistas, mas também por conta dos próprios moradores da cidade, que buscam por atividades outdoor. Um desses reflexos é sentido pelo setor de bares e restaurantes, cuja previsão para o verão é de um aumento de 30% e 15%, respectivamente. O levantamento é do Rio CVB junto com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). 

A estimativa para visitação nos atrativos da cidade também é otimista. O principal cartão postal, o Cristo Redentor, espera receber cerca de 260 mil visitantes entre dezembro e fevereiro. O Grupo Cataratas, responsável pelo BioParque do Rio, AquaRio e Centro de Visitações Paineira Corcovado prevê um aumento acima de 30% nos três parques quando comparado com o mesmo período do ano passado. 

"Não há dúvidas da importância do verão carioca para o setor, que contabiliza uma movimentação expressiva do turismo doméstico e internacional em nossa cidade. Para além das tradicionais atrações da época, o Rio foi escolhido como sede para feiras e festivais nessa estação, o que mostra os esforços do Rio CVB para promover o destino e criar um calendário robusto de eventos. Isso representa uma conquista do trade e do poder público para promover o Brasil como destino turístico, tendo o Rio de Janeiro como porta de entrada", afirmou o Presidente-Executivo, Rio CVB, Carlos Werneck. 

Comentários