OMT: Retomada Do Turismo Internacional É Tema De Reunião Da Comissão Regional Das Américas

Brasília - Com foco na retomada do turismo internacional, a cidade de Punta del Este, no Uruguai, recebeu nesta quinta-feira (19/5) a 67ª reunião da Comissão Regional das Américas da Organização Mundial do Turismo (OMT). O ministro do Turismo, Carlos Brito, representou o Brasil, acompanhado pelo presidente da Embratur, Silvio Nascimento. 

(Embratur © Roberto Castro/MTur)

Durante a reunião, a comitiva brasileira teve a oportunidade de se encontrar com o anfitrião do evento, o ministro do Turismo do Uruguai, Tabaré Viera, e com o Secretário-Geral da OMT, Zurab Pololikashvili. O Brasil e a OMT estão finalizando negociações para a instalação do escritório da entidade no país, que terá como objetivo realizar a promoção internacional de todos os destinos das Américas. 

Para Silvio Nascimento, o turismo é uma peça fundamental para a recuperação da economia do Brasil em um cenário pós-pandemia de Covid-19. “Temos a certeza de que o turismo é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento socioeconômico para nossa nação e para o nosso povo. Embratur e Ministério do Turismo estão trabalhando incansavelmente para que essa retomada se concretize o quanto antes.” 

Segundo estudo realizado pela GlobalData, empresa de dados e análises, o número de viagens internacionais deve atingir 68% do nível pré-pandemia já em 2022. A estimativa é de que esse número suba para 82% em 2023 e 97% em 2024. Em 2025, a expectativa é de que sejam realizadas 1,5 bilhão de partidas internacionais, superando os índices alcançados antes da pandemia e alcançando de vez a retomada das atividades turísticas. 

Após a cerimônia de abertura do evento, realizada pelo Secretário-Geral da OMT, os ministros do Turismo dos países participantes conversaram sobre os desafios das Américas para acelerar a retomada do setor. Os representantes de cada país expuseram as perspectivas de curto prazo para o turismo em seus territórios, além de apontar as prioridades e obstáculos para a recuperação. 

“Encontros como este são uma excelente oportunidade para expormos nossos planos de desenvolvimento do turismo e compartilharmos experiências e boas práticas, estabelecendo uma maior cooperação, o que certamente vai contribuir para ampliar o fluxo de turistas entre nossos países”, discursou o Ministro do Turismo, Carlos Brito, destacando a importância da elaboração de roteiros turísticos integrados entre as nações do continente.


Programação 

A reunião seguiria em Punta del Este nesta sexta-feira (20/5). Assessora Jurídica da OMT, Alicia Gomez, vai apresentar o Código Internacional para a Proteção do Turista, ferramenta que vai auxiliar na restauração da confiança do consumidor no cenário pós-pandemia. Depois, será realizada uma apresentação técnica sobre o código, com representantes da Universidade Nacional Rio Negro (Argentina), da Universidade da República do Uruguai e da Universidade de Sassari (Itália). 

O encontro segue com um debate sobre o desenvolvimento de políticas e legislação de proteção turística e gestão de crises em situação de emergência, com Kennedy Pemberton, da Associação dos Estados do Caribe, e Emily Steinmayr, especialista jurídica da OMT. Depois, haverá um painel com os ministros do Turismo dos países com foco em trocas de experiências e novos passos sobre como a pandemia impactou os países e a indústria do turismo. 

Comentários