KLM Participa Do "Desafio De Voo Sustentável" Organizado Pela Aliança SkyTeam

Hoje, no sábado, 7 de maio, dois voos especiais da KLM partiriam de Schiphol. No KL0675 para Edmonton e KL1713 para o Porto, o maior número possível de iniciativas de sustentabilidade foram aplicadas. Esses voos regulares fazem parte do Desafio de Voo Sustentável, que foi concebido por funcionários da KLM e é organizado pela aliança SkyTeam. Dezesseis companhias aéreas estão participando. O objetivo é aprender com as experiências uns dos outros no campo da sustentabilidade e, assim, acelerar a sustentabilidade da aviação. 

(© KLM)

As principais formas pelas quais atualmente as reduções de emissões de CO2 podem ser alcançadas são através da renovação da frota e do uso de Combustível de Aviação Sustentável (SAF). Os voos da KLM e da KLM Cityhopper para Edmonton e Porto são atualmente operados com o Boeing 787-10 e o Embraer 190, que estão entre as aeronaves mais eficientes em combustível da frota, e com 39% de SAF nos tanques de combustível. Além disso, novas economias de peso foram feitas a bordo, inclusive permitindo que os passageiros da Classe Executiva Mundial peçam suas refeições com antecedência e usando um modelo de IA para prever os requisitos de água para que apenas o suficiente seja tomado. Os passageiros, naturalmente, foram informados pela KLM de que estão em um voo especial e recebem informações sobre o que podem fazer para voar de forma mais sustentável, por exemplo, participando do programa de compensação de CO2ZERO e/ou fazendo uma contribuição da SAF. 

No cockpit, em colaboração com o controle de tráfego aéreo, a rota de voo ideal foi mapeada, sem os desvios com os que os voos normalmente têm que lidar. Durante o carregamento, a localização do centro de gravidade foi otimizada, o que ajuda a aerodinâmica e potencialmente economiza 1,5% a 2% de combustível. A carga no porão fica em paletes mais leves e é coberta com redes mais leves. As empresas de transporte também foram solicitadas, por exemplo, a dirigir eletricamente ou com biodiesel. No total, cerca de 50 iniciativas existentes e novas foram aplicadas nos dois voos, envolvendo todas as divisões da KLM e parceiros como Edmonton Airport, Schiphol, LVNL e General Electric. O impacto das novas iniciativas é examinado e se elas podem ser implementadas no curto prazo. 

A ideia do Desafio de Voo Sustentável vem de um grupo de funcionários entusiasmados da KLM. Eles foram inspirados pela histórica corrida Londres-Melbourne em 1934, que tinha como objetivo desbloquear o mundo e conectar as pessoas. Os desafios que a aviação enfrenta hoje não são mais sobre a ponte de distâncias, mas sobre torná-las mais sustentáveis. Daí o desafio concreto de realizar um voo regular e comercial programado o mais sustentável possível na forma do Desafio de Voo Sustentável

"Em 2019, a KLM entrou em contato com o setor com a Fly Responsibly, na qual foi pedido cooperação e compartilhamento de melhores práticas para tornar o voo mais sustentável. Agora é hora do próximo passo e um desafio concreto: qual companhia aérea pode operar um voo distante e mais curto o mais sustentável possível? A grande coisa sobre o Desafio de Voo Sustentável é, antes de tudo, o entusiasmo dentro de todas as partes da KLM para chegar a ideias para fazer isso da melhor forma possível. Mas também acho que as companhias aéreas participantes compartilham as lições aprendidas entre si e que tantos passageiros quanto parceiros, como fabricantes de motores e produtores de SAF, estão muito envolvidos. Essa colaboração torna a sustentabilidade possível e viável" disse, René de Groot, Diretor de Operações, KLM.

O desempenho das companhias aéreas participantes é avaliado por um auditor externo. Um júri de seis membros, liderado pelo ex-primeiro-ministro Jan Peter Balkenende, determina em várias categorias (impacto, inovação, escalabilidade e cooperação) qual companhia aérea apresentou o melhor desempenho. Os resultados serão anunciados no final de junho. O conhecimento resultante do Desafio de Voo Sustentável é compartilhado entre si dentro dos parceiros participantes da SkyTeam. 

Comentários