LATAM Brasil Retoma As Rotas Do Rio De Janeiro Para Florianópolis E Foz Do Iguaçu Em Abril

São 4 voos semanais nas rotas Rio de Janeiro/Santos Dumont-Florianópolis e Rio de Janeiro/Galeão-Foz do Iguaçu 

São Paulo - A LATAM Brasil retoma neste mês os trechos Rio de Janeiro/Santos Dumont-Florianópolis e Rio de Janeiro/Galeão-Foz do Iguaçu, com quatro voos semanais cada. Este processo, junto à inclusão de novas rotas e ampliação da malha aérea, integram parte da estratégia da companhia aérea de recuperação da sua malha, após a pandemia de Covid-19, e o consequente retorno das viagens domésticas e internacionais. 

Airbus A321 fará a rota Galeão-Foz do Iguaçu 4 vezes na semana. (© LATAM)

De Florianópolis para o Rio de Janeiro/Santos Dumont os voos são sempre aos sábados e domingos, às 13:15 e 17:10, com duração de 01:25. No sentido inverso, os voos ocorrem sempre às 11:15 e 15:10, com 01:30 de duração. Este trecho é operado com a aeronave Airbus A319, que possui 140 assentos (8 Premium Economy e 132 Economy). 

No trecho do Rio de Janeiro/Galeão para Foz do Iguaçu, os voos são sempre às terças-feiras, quintas-feiras, sábados e domingos às 11:55, com 02:15 de duração. No sentido inverso, os voos são às 14:50, com duração de 01:55. A rota é operada com a aeronave Airbus A321, com capacidade para 216 passageiros (8 Premium Economy e 208 Economy). 

“Estamos sempre buscando ampliar as opções de conexão nos voos domésticos, permitindo aos nosso clientes mais opções dentre todos os destinos da LATAM Brasil, além de abrir mais possibilidades de acesso aos destinos internacionais operados a partir de São Paulo/Guarulhos e Rio de Janeiro/Galeão”, explica Aline Mafra, Diretora de Vendas e Marketing da LATAM Brasil. 

Além da retomada desses dois trechos, a companhia aérea amplia também em abril a sua malha aérea: Porto Seguro-São Paulo/Congonhas (de 8 para 14 voos semanais), Brasília-São Paulo/Congonhas (de 46 para 55 voos semanais), Brasília-Rio de Janeiro/Santos Dumont (de 36 para 44 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Campo Grande (de 8 para 14 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Belo Horizonte/Confins (de 27 para 50 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Curitiba (de 34 para 43 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Florianópolis (de 30 para 38 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Goiânia (de 25 para 37 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Navegantes (de 24 para 36 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Porto Alegre (de 40 para 58 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Rio de Janeiro/Santos Dumont (de 90 para 126 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Salvador (de 26 para 35 voos semanais), São Paulo/Congonhas-Vitória (de 19 para 29 voos semanais) e Curitiba-São Paulo/Guarulhos (de 33 para 44 voos semanais). 

Para abril de 2022, está prevista a recuperação de 97% da oferta doméstica de assentos (em ASK), na comparação com o mesmo mês de 2019 (antes da pandemia de Covid-19). No Brasil, a companhia aérea programou para este mês uma média de 503 voos domésticos por dia para 49 destinos nacionais (antes da pandemia eram 44). 

Nas rotas internacionais, a LATAM já restabeleceu voos para 18 destinos a partir do Brasil: Assunção, Barcelona, Bogotá, Buenos Aires/Aeroparque, Cidade do México, Frankfurt, Lima, Lisboa, Londres, Madri, Mendoza, Miami, Milão, Montevidéu, Nova York, Orlando, Paris e Santiago. 

Comentários