IATA: Recuperação De Viagens Aéreas Acelera Em Fevereiro

Genebra - A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) anunciou que as viagens aéreas registraram uma forte recuperação em fevereiro de 2022 em comparação com janeiro de 2022, pois os impactos relacionados à variante Ômicron foram moderados fora da Ásia. A guerra na Ucrânia, que começou no dia 24 de fevereiro, não teve grande impacto nos níveis de tráfego. 

(Arquivo)

- A demanda total de viagens aéreas (medida em passageiro pagante-quilômetro ou RPK´s) subiu 115,9% em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021. Esse resultado foi melhor em relação a janeiro de 2022, quando foi registrado aumento de 83,1% em relação a janeiro de 2021. No entanto, o tráfego caiu 45,5% em comparação a fevereiro de 2019. 

- O tráfego doméstico de fevereiro de 2022 aumentou 60,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, acima do aumento de 42,6% registrado em janeiro de 2022 em relação a janeiro de 2021. Houve grande variação nos mercados monitorados pela IATA. O tráfego doméstico em fevereiro ficou 21,8% abaixo dos volumes de fevereiro de 2019. 

- Os RPK´s internacionais aumentaram 256,8% em relação a fevereiro de 2021, acima do aumento de 165,5% em janeiro de 2022 em relação ao mesmo período do ano anterior. Todas as regiões melhoraram seu desempenho em relação ao mês anterior. Os RPK´s internacionais de fevereiro de 2022 caíram 59,6% em comparação com o mesmo mês de 2019. 

“A recuperação das viagens aéreas está ganhando força à medida que governos de várias regiões do mundo eliminam as restrições de viagens. Os estados que persistem em adotar bloqueios por causa da COVID-19, em vez de gerenciá-la, como fazemos com outras doenças, correm o risco de perder os grandes benefícios econômicos e sociais que trará a restauração da conectividade internacional”, disse Willie Walsh, Diretor Geral, IATA. 


Mercados Internacionais De Transporte Aéreo De Passageiros 

As companhias aéreas da Europa relataram aumento de 380,6% no tráfego de passageiros em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, resultado acima do aumento de 224,3% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 174,8% e a taxa de ocupação subiu 30,3 pontos percentuais, atingindo 70,9%. 

As companhias aéreas da região Ásia-Pacífico apresentaram aumento de 144,4% no tráfego em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, resultado acima do aumento de 125,8% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 60,8% e a taxa de ocupação subiu 16,1 pontos percentuais, atingindo 47,0%, o menor entre as regiões. 

As companhias aéreas do Oriente Médio apresentaram aumento de 215,3% no tráfego em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, resultado bem acima do aumento de 145,0% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 89,5% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano anterior e a taxa de ocupação subiu 25,8 pontos percentuais, atingindo 64,7%. 

As companhias aéreas da América do Norte apresentaram aumento de 236,7% no tráfego em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, um aumento significativo em relação ao aumento de 149,0% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 91,7% e a taxa de ocupação subiu 27,4 pontos percentuais, atingindo 63,6%. 

As companhias aéreas da América Latina apresentaram aumento de 242,7% no tráfego em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, resultado bem acima do aumento de 155,2% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 146,3% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano anterior e a taxa de ocupação subiu 21,7 pontos percentuais, atingindo 77,0%, a maior taxa de ocupação entre as regiões pelo 17º mês consecutivo. 

As companhias aéreas da África apresentaram aumento de 69,5% na demanda por viagens internacionais em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, uma grande melhoria em relação ao aumento de 20,5% registrado em janeiro de 2022 versus janeiro de 2021. A capacidade aumentou 34,7% em fevereiro de 2022 e a taxa de ocupação subiu 12,9 pontos percentuais, atingindo 63,0%. 


Mercados Domésticos De Transporte Aéreo De Passageiros 

O tráfego doméstico do Brasil subiu 32,5% em fevereiro de 2022 em relação a fevereiro de 2021, representando uma desaceleração em relação ao aumento de 35,5% registrado em janeiro. 

A demanda doméstica dos Estados Unidos aumentou 112,5% em fevereiro, acima do aumento de 98,4% registrado em janeiro de 2022 em relação a janeiro de 2021. 


2022 Versus 2019 

O crescimento acelerado registrado em fevereiro de 2022 em comparação com fevereiro de 2021 está ajudando a demanda de passageiros a alcançar os níveis de 2019. O total de RPK´s em fevereiro caiu 45,5% em relação a fevereiro de 2019, melhor que a queda de 49,6% registrada em janeiro versus janeiro de 2019. A recuperação doméstica continua superando a recuperação dos mercados internacionais. 


Conclusão

“Com o aumento do ritmo da tão esperada recuperação das viagens aéreas, é importante que os nossos provedores de serviços de infraestrutura estejam preparados para um grande aumento no número de passageiros nos próximos meses. Já vemos relatos de filas inaceitavelmente longas em alguns aeroportos devido ao crescente número de viajantes, antes mesmo do aumento das viagens do feriado da Páscoa na próxima semana em vários mercados. A alta temporada de viagens de verão no hemisfério norte será fundamental para os empregos de toda a cadeia de valor de viagens e turismo. Agora é a hora de se preparar. Os governos podem ajudar garantindo que o controle de fronteira tenha pessoal adequado e que as verificações de segurança dos novos funcionários sejam gerenciadas da maneira mais eficiente possível”, disse Walsh. 

Comentários