De Volta A Níveis De Atividade Pré-Crise, Air France Terá Voos Para Cerca De 200 Destinos No Verão Europeu

Companhia aérea terá operação correspondente à média de 90% da capacidade de 2019; Brasil têm reforço no Sudeste e retorno da primeira classe a São Paulo 

Paris - Os times de solo e de bordo da Air France estão prontos para recepcionar os passageiros para seus planos de viagem no verão europeu. Durante o pico da estação, a Air France atenderá a até 196 destinos, com uma programação de voos que representa, em média, 90% da capacidade disponibilizada no mesmo período em 2019. 

(© Air France)

Longa Distância: Capacidade Na América Do Norte, África, Caribe E Oceano Índico Acima Do Registrado Antes Da Crise 

Na malha aérea de longa distância, a atividade da Air France será conduzida pela importante demanda por voos para a América do Norte, África, Caribe e Oceano Índico, regiões que se mostraram resilientes durante a crise. 

Neste sentido, a Air France continua a incrementar sua capacidade de e para os Estados Unidos, o principal destino de longa distância da companhia aérea. Neste verão europeu, operará cerca de 200 voos semanais para 14 cidades, número 20% superior ao registrado no mesmo período em 2019. Suspenso desde o início da crise, o serviço de Paris-Orly para Nova York-JFK foi reaberto em 27 de março, em adição ao serviço a partir de Paris-Charles de Gaulle. Ao todo, a Air France operará até sete voos diários na estação entre as cidades. 

A Air France e a Delta também lançarão um serviço exclusivo de “shuttle” entre Paris-Charles de Gaulle e Nova York-JFK, com oito voos diários (seis da Air France e dois da Delta). A partir de junho, haverá decolagens regulares a cada duas horas durante o dia de Paris-Charles de Gaulle e quase um voo por hora a partir do fim da tarde. 

A Air France também retomou o serviço entre Paris-Charles de Gaulle e Dallas (Texas) com até cinco voos semanais. Por fim, em 4 de maio, a companhia aérea lançará uma rota sazonal entre Paris-Charles de Gaulle e Denver (Colorado) pelo segundo ano seguido, oferecendo três conexões semanais. 

A companhia aérea também está reforçando sua operação no Canadá, com um incremento de 25% na capacidade durante o verão europeu comparado ao nível pré-crise. Desta forma, será a companhia aérea líder em termos de capacidade entre a Europa e o Canadá, e lançará um voo direto entre Paris-Charles de Gaulle e Quebec em 17 de maio. 

Na África, a Air France retornará a seu nível pré-crise de atividade com a inclusão de frequências para diversos destinos. A companhia aérea terá dois voos diários de Paris-Charles de Gaulle para Abidjan (Costa do Marfim), e os serviços sazonais para Zanzibar (Tanzânia) e Banjul (Gâmbia) serão estendidos para toda a temporada. 

Finalmente, a Air France manterá quase toda a sua malha aérea na Ásia com uma redução de voos. Frequências adicionais serão disponibilizadas na Índia (Nova Delhi, Mumbai, Bangalore e Chennai), em linha com a reabertura do país para voos internacionais desde 27 de março.


Curta E Média Distância: Oferta De Lazer Aprimorada E Capacidade Adicional Para Destinos-Chave Do Verão Europeu 

Na malha aérea de curta e média distância, a Air France dá continuidade a sua estratégia de reimplantar capacidade em rotas de lazer. Em julho e agosto, ofertará capacidade semelhante ao nível pré-crise, com o lançamento de 23 rotas sazonais a partir de Paris-Charles de Gaulle, incluindo três novos destinos: Zakynthos (Grécia), com dois voos semanais a partir de 9 de julho, Tirana (Albânia), com dois voos semanais a partir de 9 de julho, e Tenerife (Espanha), como continuidade da temporada de inverno europeu. 

A partir de Paris-Orly, novas rotas serão ofertadas ao longo da temporada para Argel (Argélia - três voos diários, sujeito às condições de reabertura do país) e Túnis (Tunísia - um voo diário a partir de 29 de maio), em complemento aos serviços a partir de Paris-Charles de Gaulle. Haverá, ainda, frequências adicionais para Ibiza, Palma de Mallorca (Espanha) e Bari (Itália), destinos já servidos em 2021. 

Por fim, 47 serviços sazonais serão ofertados na malha aérea doméstica a partir de regiões francesas, incluindo quatro novas rotas para destinos internacionais (Marselha-Santorini a partir de 8 de julho; Marselha-Túnis a partir de 9 de julho; Nice-Heraklion a partir de 8 de julho; e Nice-Londres/Heathrow a partir de 9 de julho), bem como rotas para a própria França, como Córsega, servida este ano a partir de Bordeaux, Caen, Clermont-Ferrand, Lille, Lyon, Nantes, Paris-Charles de Gaulle, Paris-Orly, Pau, Rennes e Strasbourg. 

A Transavia operará rotas domésticas a partir de Paris-Orly para Brest, Biarritz, Montpellier, Perpignan, Pau e Toulon. 


Com O Air France Protect, Reserve Sua Viagem De Férias Com Completa Tranquilidade 

A Air France está atualmente oferecendo bilhetes totalmente modificáveis como parte de sua política comercial. Os passageiros podem modificar as reservas sem custo ou solicitar um voucher de crédito caso desistam da viagem. Em ambos os casos, os passageiros devem enviar o pedido antes da decolagem do primeiro voo. Se a companhia aérea cancelar um voo, os passageiros podem optar por adiar a viagem, solicitar um reembolso completo ou receber um voucher de crédito, que também é reembolsável se não usado.


O Compromisso Da Air France Com A Saúde 

A saúde e o bem-estar dos passageiros e funcionários da Air France estão no centro das atenções da companhia aérea. A Air France está comprometida a proporcionar aos passageiros condições otimizadas de higiene em todas as etapas da viagem, desde a chegada ao aeroporto. 

A bordo da aeronave e ao longo de toda a jornada, o uso de máscaras cirúrgicas é obrigatório. O ar da cabine é renovado a cada três minutos. O sistema a bordo de reciclagem do ar está equipado com filtros HEPA - High-Efficiency Particulate Air, filtros idênticos aos usados em salas de cirurgia em hospitais. A Air France também reforçou os procedimentos de limpeza, como a desinfecção de todas as áreas de contato, como descansos de braço, bandejas e telas antes de cada voo. 

Comentários