Destaque Da Semana

Flybondi Anuncia Plano De Crescimento Que Visa Dobrar A Frota E Número De Passageiros

• Irá incorporar 5 aeronaves Boeing 737-800 NG nos próximos seis meses

• A companhia aérea precisará contratar 400 pessoas para novos empregos

• Começará a voar para mais destinos nacionais e internacionais

Buenos Aires - A Flybondi, a primeira companhia aérea low cost do país, anunciou hoje seu plano de crescimento que terá como objetivo dobrar o número de passageiros, através do aumento de sua oferta e de sua frota. Além disso, agregará novos destinos nacionais e internacionais e ampliará o número de frequências de sua rede atual.

Após a chegada da quinta aeronave em janeiro de 2022, a companhia aérea dobrará sua frota de aeronaves nos meses restantes do primeiro semestre de 2022, de forma que em julho passará a ser composta por 10 aeronaves Boeing 737-800 NG com capacidade para 189 passageiros. Isso permitirá aumentar a oferta de voos com tarifas econômicas e proporcionar maior conectividade tanto na Argentina como na Região. Hoje a companhia aérea voa para 14 destinos nacionais que já planeja expandir e oferece voos internacionais para o Brasil e Uruguai, por isso buscará chegar a mais países da região.

Com a implementação do plano, a Flybondi terá um papel fundamental na recuperação da economia nacional. Por um lado, vai gerar mais de 400 empregos diretos, que serão distribuídos por todo o país e que devem ser preenchidos nos primeiros meses do próximo ano. E, por outro, terá um impacto positivo no curto e médio prazo para a recuperação da cadeia de valor do setor aéreo, tão atingida pela pandemia. Além disso, irá oferecer a geração de oportunidades de longo prazo para o desenvolvimento de pequenas e médias empresas e o desenvolvimento de empresários em todos os serviços oferecidos no setor.

A estimativa da Flybondi indica que a execução deste plano de crescimento para os próximos dois anos irá gerar um aporte de mais de 420 milhões de dólares às atividades econômicas e produtivas do país. Sem dúvida, significa um grande compromisso da Flybondi e seus investidores com a Argentina e o compromisso de desenvolver um negócio de forma sustentável e a longo prazo.

“Depois da recuperação alcançada em 2021, anunciamos um plano de crescimento para os próximos dois anos que será histórico para a Flybondi e com um enorme impacto positivo para o país. Queremos dobrar o número de passageiros que voam conosco hoje e para isso vamos adicionar o dobro do número de aviões à nossa frota nos próximos seis meses, além de novos destinos internacionais e nacionais e mais frequências. Esse plano nos permitirá contratar 450 pessoas que serão novos empregos no setor. Estamos convictos, como no primeiro dia, do nosso propósito: que todas as pessoas tenham liberdade de voar, com as melhores tarifas do mercado e com um serviço de excelência”, disse Mauricio Sana, CEO da Flybondi, e acrescentou: “ Este passo que damos enquanto empresa significa um grande compromisso com o nosso país e com a visão de que a nossa atividade e negócio irão desempenhar um papel fundamental na recuperação da economia nacional.”

A Flybondi opera a partir do Aeroparque com excelente desempenho e pontualidade, e com os melhores níveis de ocupação de seus voos na Argentina, em novembro tinha uma ocupação de 92% e mais de 756.000 passageiros já foram transportados até agora este ano.


Flybondi Em Números

• Começou a operar na Argentina em 2018 e já transportou mais de 3.700.000 pessoas

• 20% dos passageiros são pessoas que voam de avião pela primeira vez na vida.

• Possui mais de 570 funcionários em todo o país.

• Possui uma frota de 4 aeronaves Boeing 737-800 NG com 189 assentos em classe única.

• Voa para 13 destinos domésticos: Buenos Aires, Bariloche, Corrientes, Córdoba, Jujuy, Mendoza, Neuquén, Posadas, Iguaçu, Salta, Santiago del Estero, Trelew e Tucumán.

• Começará a voar para seus destinos internacionais a partir de dezembro de 2021: Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro e Punta del Este.

• Desde janeiro de 2021, é a companhia aérea com maior nível de ocupação para seus voos na Argentina e possui uma participação de mercado doméstico de 15% (novembro)

Comentários