Destaque Da Semana

Air France-KLM Destaca Nível Pré-Pandemia Em SP E RJ Com Novos Voos Para Fevereiro

A Air France terá segunda ligação diária a Paris na capital paulista, enquanto KLM já possui mesmo número de voos de 2019; no Rio, companhias aéreas chegarão a seis voos semanais cada

São Paulo - O Grupo Air France-KLM se aproximará do nível pré-pandemia de voos em São Paulo e Rio de Janeiro a partir de fevereiro de 2022. O marco será a introdução da segunda ligação diária da Air France na capital paulista com destino a Paris três vezes por semana - hoje a companhia aérea oferece um voo por dia na cidade, ante dois diários pré-crise sanitária. A KLM, por sua vez, já voltou a operar a frequência diária que mantinha na capital paulista em 2019.

Já no Rio de Janeiro, ambas as companhias aéreas farão a inclusão da sexta ligação semanal para Amsterdã e Paris, sendo Air France a partir de fevereiro e KLM a partir de maio. A operação atual de cada companhia aérea é de cinco frequências semanais para os aeroportos de Paris-Charles de Gaulle e de Amsterdã-Schiphol, seus hubs na Europa. Antes da pandemia, a Air France tinha dez voos semanais na capital fluminense, e a KLM, uma frequência diária.

Com estas novidades, o Grupo Air France-KLM passará dos atuais 27 voos semanais do Brasil à Europa para 32 - antes da pandemia, eram 44. No início deste ano, as companhias aéreas operavam 23 frequências por semana.

"Esta importante notícia reafirma o compromisso e a confiança da companhia no país, e vem em linha com os números de demanda que temos observado nos últimos meses. O mercado brasileiro é, hoje, um dos que mais contam com operações do Grupo Air France-KLM fora da Europa. O avanço da vacinação e os cuidados implementados a bordo permitem que esse passo seja dado, enquanto continuamos monitorando a situação da pandemia no mundo, cada vez mais confiantes e sólidos em nossa retomada", destaca Manuel Flahault, Diretor Geral do Grupo Air France-KLM na América do Sul.

As ligações adicionais da Air France em São Paulo serão operadas às terças, sextas-feiras e aos domingos a partir de meados de fevereiro. Os novos voos serão cumpridos pela aeronave Boeing 777-200, de 280 assentos, e permitirão à companhia aérea ampliar a capacidade atual na rota, de 2,2 mil assentos por semana para cerca de três mil. A frequência diária atualmente em operação a partir de São Paulo continuará sendo ofertada com o Airbus A350-900, de 324 assentos.

A KLM, por sua vez, opera seu voo diário na capital paulista com um Boeing 777-300 que recebe até 408 passageiros. Semanalmente, a companhia aérea holandesa transporta quase três mil passageiros para seu hub em Amsterdã a partir de São Paulo.

Na capital fluminense, o novo voo da Air France a partir de fevereiro será operado pelo Boeing 777-300, para até 381 passageiros, como já acontece com as demais operações em vigor - a companhia aérea chegará a uma oferta de 2,2 mil assentos por semana. A KLM, por sua vez, operará seus seis voos no Rio com aeronaves mistas: Boeing 787 Dreamliner, de 294 assentos, e Boeing 777-200, com 320 lugares.

"Com o avanço da Air France em São Paulo e de ambas as companhias no Rio de Janeiro, teremos a oportunidade de suprir a crescente busca por voos do Brasil para a Europa com opções otimizadas de horário para nossos clientes. Estamos muito contentes com estas novidades, que demonstram a resiliência da nossa malha aérea e a capacidade de recuperação do grupo para que possamos continuar oferecendo a melhor experiência para os viajantes", comenta Steven van Wijk, Diretor Comercial do Grupo Air France-KLM na América do Sul.

Além das operações do Grupo Air France-KLM em São Paulo e no Rio de Janeiro, a Air France conta com três voos semanais que ligam Fortaleza e Paris.

O grupo destaca que, por conta do atual contexto sanitário, revisa constantemente suas operações em todo o mundo, adaptando-as às restrições de viagem e à demanda de clientes.

Comentários