Destaque Da Semana

Custos Trabalhistas Reduzem Lucratividade Dos Hotéis Nos EUA Em Setembro

Hendersonville, Tennessee, EUA - O aumento dos gastos com mão de obra gerou um lucro operacional bruto mais baixo para os hotéis nos EUA, de acordo com a divulgação de dados mensais de P&L de setembro de 2021 da STR.

Os custos de mão-de-obra estimados chegaram a 96% do nível comparável de 2019, que foi o índice mais alto da era pandêmica. Todas as principais métricas de lucratividade caíram em relação a agosto.

GOPPAR: US$ 46,29

TRevPAR: US$ 140,94

EBITDA PAR: US$ 30,47

LPAR (Custo de mão de obra): US$ 47,50

“Margens de trabalho mais altas significam menos espaço para lucros, e a margem do GOP caiu pelo segundo mês consecutivo para 33%”, disse Raquel Ortiz, Diretora Assistente de Desempenho Financeiro da STR. “Como observamos no mês passado, os dados de P&L de setembro seriam interessantes porque as métricas de primeira linha relatadas anteriormente mostravam algum retorno de viagens de negócios e grupos. Para acomodar essa demanda, os hotéis reabriram as operações de F&B e aumentaram seus níveis gerais de pessoal em um ambiente inflacionário com salários mais altos.”

Entre os principais mercados, apenas São Francisco permanece em território GOPPAR negativo durante os primeiros nove meses do ano.