Destaque Da Semana

Booking: Otimismo, Flexibilidade E Novas Conexões Para As Viagens Em 2022

Cruzeiros Aquecem A Economia Carioca Na Temporada 21/22 Com 25 Navios

A partir de dezembro, o Pier Mauá receberá 25 navios com aproximadamente 170 mil pessoas

É com muita alegria que o setor marítimo recebeu a notícia divulgada no dia 02 de outubro, pelo Ministério do Turismo, sobre a liberação dos cruzeiros, que voltam a navegar por águas brasileiras neste verão. A temporada 2021/2022 vinha sendo mais esperada do que nunca por conta da inércia que tomou conta do setor em todo o mundo devido à pandemia COVID-19. Mas, depois de muita luta, a temporada na Cidade Maravilhosa está liberada e terá início no dia 04 de dezembro no Pier Mauá, com o navio MSC Preziosa, e termina em maio de 2022 com o Navigator of the Seas, que chega no dia 11 e segue viagem no dia seguinte. 

Para a temporada 2021/2022 são esperados no Pier Mauá 25 navios, com aproximadamente 170 mil passageiros, o que beneficia muito o turismo local, porque os cruzeiros proporcionam uma espécie de degustação, despertando em muitos turistas, que possuem um tempo curto para desfrutar de tantas atrações na Cidade Maravilhosa, a vontade de voltar para passar mais tempo na região. 

Antes da COVID-19 a expectativa para o porto do Rio era de receber 400 mil turistas entre novembro de 2020 e abril de 2021, o que não aconteceu. Na temporada 2019/2020 foram mais de 357 mil pessoas desembarcando no período de 20 de outubro de 2019 a 15 de março de 2020, sem contar os embarques. No total o movimento no Pier Mauá foi muito bom, fechando com 100 atracações, 32 navios, sendo 24 internacionais e oito nacionais. Seis deles vieram ao Rio de Janeiro pela primeira vez. 

Segundo a CLIA Brasil, em 2019, os cruzeiros foram responsáveis por um impacto de R$ 2,08 bilhões na economia brasileira, além da geração de cerca de 32 mil postos de trabalho diretos e indiretos.  Para essa temporada são esperadas 60 atracações, 25 navios. Se tudo correr bem, o turismo marítimo deve injetar US$ 51 milhões na capital fluminense.

A partir da aprovação pelo governo federal, o terminal internacional de cruzeiros do Pier Mauá iniciou com seus principais clientes externos (armadores) e parceiros internos (RF; PF; ANVISA; CDRJ entre outros) os procedimentos necessários para atender todos os protocolos que a ANVISA apresentará em breve.

Neste cenário, pelo menos na retomada, os cruzeiros serão diferentes do que costumavam ser. As grandes armadoras já se organizaram e implementaram uma série de procedimentos para voltarem a realizar seus roteiros com total segurança. Controle de passageiros, incluindo teste de COVID-19 no terminal antes do embarque, higienização das embarcações e prevenção da proliferação de doenças são algumas das medidas adotadas. 

Américo Rocha, Diretor de Operações do Pier Mauá, comenta entusiasmado e muito feliz com a liberação: “Agora já estamos recontratando parte de nossos colaboradores que, sem receita e com dor no coração, tivemos que desligá-los, com a promessa que estamos cumprindo contratando-os novamente. Mantivemos a manutenção de nossos equipamentos e prédios nas melhores condições de sempre, já que a esperança em voltar a recepcionar nossos passageiros era enorme e quase certa. E o outro lado bom é que os cruzeiros estão com preços bem acessíveis. Vale uma consulta nas agências de viagens para adquirir um bom pacote e realizar uma verdadeira trip dos sonhos no verão !”

Além do Rio de Janeiro, Santos, Angra dos Reis, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo Frio, Fortaleza, Ilha Grande, Ilhabela, Itajaí, Maceió, Porto Belo, Recife, Ubatuba, Salvador e Ilhéus são outros destinos queridos e bem requisitados pelos brasileiros.