Destaque Da Semana

Ryanair Transportou 31M De Passageiros Em Mais De 200 Mil Voos Neste Verão

A low cost Ryanair mais do que duplicou o transporte de passageiros no terceiro trimestre, época alta da aviação europeia, face a 2020, a mas ainda ficou cerca de 25% abaixo do que fez no Verão de 2019, pré-pandemia.

Dados de tráfego divulgados pelo grupo irlandês indicam que em setembro fez cerca de 69,5 mil voos com cerca de 10,6 milhões de passageiros, depois de cerca de 11 milhões em 71 mil voos em agosto e 9,3 milhões em 61 mil voos em julho.

De acordo com estes dados, o grupo passou, assim, de 16,6 milhões de passageiros, no Verão de 2020, para 31 milhões no período homólogo deste ano, ainda assim muito aquém dos 43,8 milhões da época estival de 2019.

O grupo indicou também que em média vendeu 82% dos lugares que teve no mercado em setembro, tal como em agosto e depois de 80% em julho, o que permite calcular que no terceiro trimestre teve no mercado aproximadamente 38 milhões de lugares de avião, de que vendeu em média aproximadamente 81%.

Os dados para o conjunto dos nove meses deste ano já com dados publicados pelo grupo da maior low cost europeia indicam um total de 41,4 milhões de passageiros, em queda de 5,7% face ao período homólogo de 2020 devido às restrições que penalizaram muito a sua atividade no primeiro trimestre, e em queda de 64,4% ou cerca de 75 milhões em relação aos primeiros nove meses de 2019, pré-pandemia.