Destaque Da Semana

ABAV Expo Volta Ao Formato Presencial No Mês De Outubro Em Fortaleza

Hotelaria Dos EUA Relata Níveis Melhorados E Altos Nesta Última Semana

Hendersonville, Tennessee, EUA - A ocupação de hotéis nos EUA melhorou semana após semana, enquanto a taxa diária média (ADR) foi a mais alta já registrada, de acordo com os dados mais recentes da STR até 10 de julho.

4 a 10 de julho de 2021 (variação percentual da semana comparável em 2019 *)

Ocupação: 67,2% (-9,3%)

Taxa média diária (ADR): US$ 139,84 (+ 5,4%)

Receita por quarto disponível (RevPAR): US$ 93,99 (-4,4%)

Deixando a inflação de lado, os analistas da STR observam que os hoteleiros estão aproveitando a demanda reprimida de lazer e os maiores gastos dos viajantes, enquanto tentam conter a escassez de pessoal e o aumento dos custos operacionais em algumas regiões. Além disso, com a demanda principalmente transitória, não há o efeito de redução usual das taxas de grupo com desconto no segmento superior do mercado. A maioria dos maiores desempenhos de ADR´s estão fora dos principais mercados metropolitanos.

Entre os 25 principais mercados, Norfolk/Virginia Beach viu o maior aumento de ocupação em 2019 (+ 3,0% a 80,5%).

Minneapolis experimentou a queda mais acentuada na ocupação em comparação com 2019 (-34,1% para 52,6%).

Miami relatou o maior ADR (+ 44,7% para US$ 225,14) e RevPAR (+ 30,7% para US$ 152,45) em relação a 2019.

As maiores quedas de RevPAR foram em San Francisco/San Mateo (-55,2% para US $ 89,11) e Boston (-47,6% para US $ 94,03).

* Devido ao declínio acentuado do desempenho impulsionado pela pandemia de 2020, o STR está medindo a recuperação em relação a períodos comparáveis ​​de 2019.