Brasil: Procura Por Destinos De Praia Aumentam Em 50% Desde Setembro

Desde o início da pandemia, o setor de turismo tem seguido uma trejetória de retomada paulatina das atividades e, apesar das restrições em relação à capacidade de ocupação nos empreendimentos, as buscas por reservas hoteleiras têm crescido a passos largos.

As praias cariocas são uma das mais procuradas por turistas nesta retomada póscovid-19. (Divulgação)

Segundo o mais recente levantamento da Nemo, uma das maiores empresas de Inteligência de Dados da América Latina, especializada soluções para a indústria do Turismo, os sistemas de reservas de hoteis no Brasil tiveram um salto de 49% entre os bimestres julho/agosto (300 mil buscas) e setembro/outubro (447 mil buscas).

O destaque vai para os destinos de praia, que dominaram o ranking dos mais procurados no período, evidenciando o Rio de Janeiro, Búzios, Porto de Galinhas, Natal, Salvador, Maceió, Praia do Forte, Florianópolis, Maragogi e Imbassaí.

“Ao logo dos últimos meses, percebemos os hotéis têm apresentado políticas mais robustas de protocolos de saúde, e também, mais flexíveis para remarcações, o que tem dado certa tranquilidade para as pessoas, agentes e operadores fazerem suas reservas sem muitas onerações. Além disso, nossos softwares trabalham com um sistema de busca inteligente por opções de hospedagem com melhores preços, sempre dentro do padrão adquirido, ampliando a margem de lucro dessas empresas de intermediação, e consultoria de viagens; o que também possibilita ampliar as vendas”, explica Eduardo Batista, Diretor Comercial da Nemo no Brasil.

Comentários