Destaque Da Semana

ITB Asia Retorna Ao Formato Físico Em Cingapura No Final De Outubro De 2021




UNWTO: Turismo Permanece Com Restrições Em 100% De Seus Destinos

O COVID-19 colocou o mundo inteiro em confinamento, com uma nova pesquisa da Organização Mundial de Turismo (OMT) mostrando que 100% dos destinos globais continuam a ter restrições de viagens e 72% fecharam completamente suas fronteiras ao turismo internacional.


Desde o início da crise, a agência especializada das Nações Unidas para o turismo acompanha as respostas à pandemia. Esta pesquisa mais recente mostra que, enquanto as discussões sobre possíveis primeiras medidas para suspender as restrições estão em andamento, 100% dos destinos em todo o mundo ainda têm restrições de viagem relacionadas ao COVID-19 para turistas internacionais.

Dos 217 destinos em todo o mundo, 156 (72%) interromperam o turismo internacional de acordo com os dados coletados em 27 de abril de 2020. Em 25% dos destinos, existem restrições há pelo menos três meses, enquanto em 40% dos destinos, foram introduzidas restrições há pelo menos dois meses. Mais importante ainda, a pesquisa também descobriu que nenhum destino até agora levantou ou facilitou as restrições de viagem.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, disse: “O turismo foi o mais atingido por todos os principais setores, à medida que os países travam, e as pessoas ficam em casa. A OMT pede aos governos que trabalhem juntos para coordenar o alívio e o levantamento das restrições de maneira oportuna e responsável, quando for considerado seguro fazê-lo. O turismo é uma tábua de salvação para milhões, especialmente nos países em desenvolvimento. Abrir o mundo novamente ao turismo economizará empregos, protegerá os meios de subsistência e permitirá que nosso setor retome seu papel vital na promoção do desenvolvimento sustentável.”


Restrições Comuns Em Todas As Regiões Globais

A pesquisa da OMT acompanha as medidas tomadas desde o final de janeiro, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a COVID-19 como uma Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional (PHEIC).

Dividindo a pesquisa por região, a OMT descobriu que 83% dos destinos na Europa introduziram o fechamento completo de fronteiras para o turismo internacional. Nas Américas, essa proporção é de 80%, na Ásia e no Pacífico é de 70%, no Oriente Médio é de 62%, e na África é de 57%.


Rumo A Uma Reabertura Responsável

A OMT tem trabalhado em estreita colaboração com organizações internacionais, governos nacionais e o setor privado, para apoiar a recuperação responsável, e oportuna do turismo. Nas últimas duas semanas, o Secretário-Geral da OMT dirigiu-se aos ministros do G20 e da Comissão da UE, defendendo o turismo como uma prioridade, à medida que os países procuram se recuperar da crise.

Imagem: Google Imagens