Destaque Da Semana

Aena Airports Recupera Tráfego De Passageiros Em 60% Em Agosto

Lufthansa Segue Operando Em São Paulo Para Atender Repatriados

São Paulo, principal destino do Lufthansa Group na América do Sul, é uma das seis cidades em que a Lufthansa continuará operando vôos destinados ao atendimento de repatriados. Com a continuação das restrições de viagem, de entrada e de trânsito impostas por autoridades governamentais em todo o mundo, a Lufthansa estendeu até o dia 3 de maio seu cronograma reduzido de vôos focado em repatriação.

Lufthansa, Boeing 747-400

De São Paulo, são três frequências semanais partindo às segundas-feiras, quintas-feiras e sábados com destino à Frankfurt. Sendo o maior objetivo no momento auxiliar a levar o máximo possível de pessoas de volta aos seus lares, e a companhia aérea também trabalha o nível de tarifas One-Way (somente ida) para partidas do Brasil na Economy Class e Premium Economy Class. As tarifas já estão disponíveis através do site lufthansa.com ou de agência de viagens.

Ao todo, continuam programados 18 vôos semanais de longa distância para os seguintes destinos: Newark e Chicago (ambos nos Estados Unidos), Montreal (Canadá), São Paulo (Brasil), Bangkok (Tailândia) e Tóquio (Japão) - todos estes com três frequências semanais com destino à Frankfurt.

Além disso, a Lufthansa ainda manterá aproximadamente 50 conexões diárias partindo de seus Hub´s em Frankfurt e Munique para cidades na Alemanha e Europa.

Todos os vôos remanescentes originalmente programados entre 25 de abril e 3 de maio serão cancelados. Passageiros que tenham inserido seus contatos na reserva ou em seu perfil Miles & More serão proativamente notificados sobre os cancelamentos e as alternativas de remarcação.


Vôos Adicionais Em Cooperação Com Governos E Operadoras De Turismo E Vôos Cargueiros Para O Transporte De Suprimentos Emergenciais

Além da manutenção de uma programação reduzida de vôos, as companhias aéreas do Lufthansa Group estão realizando vôos adicionais em cooperação com governos e operadoras de turismo. Até o momento, cerca de 60.000 cidadãos de países como Alemanha, Áustria, Bélgica e Suíça que estavam impossibilitados de retornar aos seus países devido às restrições globais de viagem em vigor por conta da pandemia do Coronavírus já puderam retornar a seus lares nos mais de 300 vôos de repatriação conduzidos por Lufthansa, Austrian, Brussels Airlines e Swiss International Air Lines de cidades como Sidney e Auckland, na Oceania, e Assunção e Santiago do Chile, na América do Sul. Outros 45 vôos estão programados para as próximas semanas.

O Lufthansa Group também tem desempenhado um importante papel no transporte de equipamentos médicos e de proteção individual para os lugares onde a demanda é mais urgente no momento. Além dos vôos de carga normalmente operados, também foram realizados pelo Lufthansa Group 22 vôos adicionais somente com suprimentos emergenciais a bordo. Outros 34 vôos deste tipo já estão planejados. A Lufthansa Cargo segue seu programa regular de vôos - excluindo aqueles cancelados para a China continental - e está mantendo toda a sua frota de cargueiros no ar com o objetivo de apoiar a cadeia de suprimentos, bem como manter o fornecimento de itens médicos e equipamentos de extrema necessidade entre a Europa, e o resto do mundo.


Instruções Sobre Remarcação De Vôos

Passageiros cujos vôos tenham sido cancelados ou que desejem alterar seus planos de viagem podem manter sua reserva sem se comprometer com uma nova data de voo neste momento. A decisão sobre a nova data de viagem e/ou o novo destino poderá ser tomada até o próximo dia 31 de agosto (não é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente antes da data do voo originalmente reservado). O bilhete e seu valor seguem válidos e podem ser utilizados para remarcar um novo voo com embarque até 30 de abril de 2021. Além da isenção da taxa na primeira remarcação, passageiros que optarem por viajar até 31 de dezembro de 2020 (início da viagem) receberão ainda USD 50 de desconto aplicável a qualquer eventual diferença tarifária existente entre o valor total do bilhete original e o valor total de seu novo bilhete. Para aqueles que adquiriram a passagem por meio do site da companhia aérea, o desconto pode ser obtido através da emissão de um voucher no próprio site da empresa; já os passageiros que fizeram suas reservas por meio de agências de viagem devem consultá-las para obter tal desconto, se aplicável.

Esta política vale para bilhetes adquiridos com as companhias aéreas do Lufthansa Group até 19 de abril de 2020 com vôos confirmados até 30 de abril de 2021.

Imagem: Bing Imagens