Destaque Da Semana

IATA Alerta Governos Sobre Alto Custo De Testes De COVID-19

American Airlines Anuncia Suspensões Adicionais De Horário Para Maio E Abril

Companhia aérea reduz ainda mais a capacidade do sistema e amplia as taxas de alteração renunciadas

A American Airlines fará mais cortes de capacidade em abril e maio para atender à baixa demanda recorde de passageiros - onde a capacidade de abril e maio será reduzida.


A companhia aérea, baseada em Fort Worth, no estado do Texas, suspenderá 60% de sua capacidade em abril em comparação com o mesmo período de 2019 e planeja suspender até 80% de sua capacidade em maio em comparação com o mesmo período de 2019. Essas mudanças são causadas pela diminuição significativa da demanda e restrições de viagem do governo relacionadas ao coronavírus (COVID-19). A programação reduzida de abril foi refletida no aa.com hoje, 29 de março, e a programação reduzida de maio será carregada no domingo, 5 de abril.

As reduções de capacidade doméstica levam em consideração a recente decisão da FAA de conceder flexibilidade adicional nas políticas de uso de Slots nos aeroportos dos EUA durante essa situação sem precedentes. Essas isenções permitirão que a companhia aérea alinhe melhor a capacidade com a demanda, considerando os ajustes no cronograma de vôos.

A mudança mais significativa é a redução no serviço ao Havaí, em abril. Em resposta à nova ordem de quarentena de 14 dias para viajantes que viajam para o Havaí, a American Airlines suspendeu as operações em Kona (KOA), Lihue (LIH) e Maui (OGG). A companhia aérea continuará operando um voo diário de Los Angeles (LAX) para Honolulu (HNL).


Renúncias De Viagem

A American Airlines também continua a cuidar dos passageiros, fornecendo flexibilidade adicional na compra de viagens futuras, estendendo sua oferta de isenção de taxas de alteração para passageiros que compram passagens até 15 de abril. A oferta está disponível para qualquer tarifa não reembolsável publicada da American Airlines.

Detalhes adicionais podem ser encontrados em aa.com/travelalerts.