Hertz É A 1ª Rent A Car Nomeada Pela Ethisphere Como Uma Empresa Ética

Hertz reconhecida pelo Ethisphere por criar uma cultura de conformidade

A Hertz uma das maiores empresas de aluguel de carros, foi reconhecida pela Ethisphere, líder global na definição e avanço dos padrões de práticas comerciais éticas, como uma das empresas mais éticas do mundo em 2020.


A Hertz Corporation - que consiste em aluguel de carros Hertz, Dollar, Thrifty e Firefly - é a primeira empresa de aluguel de carros a obter esse título da Ethisphere. Das 132 empresas reconhecidas em 21 países e 51 setores, a Hertz é a única empresa na categoria Transporte e Logística.

"É uma honra para a Hertz ser nomeada uma das empresas mais éticas do mundo e ser a primeira em nossa indústria a obter esse reconhecimento", disse Kathryn Marinello, Presidente e CEO da Hertz. "Temos uma equipe de conformidade robusta, dedicada a educar os funcionários e garantir que a integridade e a conformidade sejam a base de nossos negócios. Isso afeta tudo o que fazemos, desde nossas políticas escritas até nossos relacionamentos com nossos fornecedores e ser o primeiro a responder às solicitações de recall de veículos para segurança de nossos clientes."

O processo de avaliação das empresas mais éticas do mundo serve como uma estrutura operacional para capturar e codificar as práticas líderes das organizações em todos os setores e ao redor do mundo. Fundamentada no Ethics Quotient®, proprietário da Ethisphere, a avaliação inclui mais de 200 perguntas sobre cultura; práticas ambientais e sociais; atividades de ética e conformidade; governança; diversidade; e iniciativas para apoiar uma forte cadeia de valor.

"A Hertz está entre um seleto grupo de empresas que infundem integridade em todas as áreas de seus negócios", disse Timothy Erblich, CEO da Ethisphere. "A empresa tem um longo legado de ser líder em seu setor e, ao mesmo tempo, trabalha para promover uma cultura de conformidade. Parabéns a todos da Hertz por serem nomeados como uma das empresas mais éticas do mundo".

Comentários