Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Hotéis De Jurerê International Prevem Ocupação Acima De 90% No Carnaval

Hotéis de Jurerê International estimam alta ocupação para o Carnaval. Tanto o Il Campanario Villagio Resort, quanto o Jurerê Beach Village, projetam ao menos 90% dos quartos reservados até o feriado - já as tarifas praticadas para a data nos dois empreendimentos estão na casa de R$ 1.460 e R$ 800, respectivamente.


Para receber os hóspedes, os dois hotéis  preparam programação diversificada e animada. Em contato com a reportagem do Hotelier News, lideranças das propriedades revelam que o público-alvo majoritário no período carnavalesco são famílias e casais, que procuram um refúgio das festas nos grandes centros.


Jurerê International: Expectativas

O resort, com 256 quartos, vive expectativa de lotação, informa Renilson dos Santos, diretor geral da propriedade. “Estamos com 80% de ocupação atualmente. Esperamos lotação, mas atingir 90% é quase certeza. Ainda temos oito dias de venda até o feriado, e grande parte dos pacotes são fechados nos últimos dias”, afirma.

No Carnaval, segundo Santos, os hóspedes nacionais devem ser a maioria, seguidos de latino-americanos. No ano passado, por exemplo, 70% do público presente eram formados por brasileiros, 15% argentinos e 5% vieram dos Estados Unidos. Dos brasileiros, 50% saíram de São Paulo, sendo 70% deles da capital paulista.

“Famílias são grande parte do nosso público. Oferecemos programação para crianças e adolescentes, e a própria cidade nos ajuda com os atrativos para os adultos. Jurerê é uma praia muito atrativa, além de possuir uma orla gastronômica farta em bares e baladas para quem busca vida noturna”, acrescenta Santos.

Já o Beach Village, que possui 170 quartos, depende mais do público argentino e de famílias. O serviço do hotel foca mais no descanso e refúgio da folia. Os viajantes nacionais chegam principalmente de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Em matéria de ocupação, Samir Miguel, gerente geral do hotel, afirma que a crise na argentina deve evitar que o hotel alcance a lotação. Mas a expectativa é que 85% a 90% dos quartos estejam ocupados.

“Apesar da queda do movimento argentino, teremos uma boa taxa de ocupação. Mesmo ainda no começo, o ano de 2019 vem sendo positivo. Um bom exemplo disso é que nossa diária média está 15% acima da do ano passado”, finaliza Miguel.

Fonte: Hotelier News - Mercado

Comentários