Aena Airports Reúne Principais Operadores "Duty-Free" Para A Maior Licitação Do Mundo

- O valor da proposta atinge € 18 bilhões 

- O espaço comercial tem mais de 55.000 m2, o que equivale a mais de 7 campos de futebol 

- O objetivo é atrair o maior número de operadores internacionais para os diferentes lotes de varejo e incorporar as novas tendências 

- A Diretora Comercial e Imobiliária da Aena, Maria José Cuenda, destacou que “é uma oportunidade única que surge uma vez a cada década” 

A Aena reuniu os principais operadores duty-free do mundo na TFWA World Exhibition & Conference em Cannes na terça-feira (04) antes do maior concurso de lojas duty-free da indústria aeroportuária, que será lançado em Espanha no final de 2022 e cujo valor de concurso é de € 18 bilhões. O negócio inclui mais de 85 lojas duty-free que ocupam mais de 55.000 m2 de espaço, o equivalente a mais de 7 campos de futebol. 

(© Aena)

A apresentação teve lugar na feira organizada pela TFWA (Tax Free World Association), a maior associação de operadores duty-free e de retalho de viagem, na cidade francesa de Cannes, de 2 a 6 de outubro. A TFWA World Exhibition & Conference é realizada anualmente e é considerada um dos maiores fóruns do setor. 

Os objetivos do concurso para a renovação da gestão das lojas francas nos aeroportos da rede espanhola da Aena são maximizar o valor desta linha de negócio, atrair o maior número de operadores internacionais a licitar os diferentes lotes, diversificar o negócio, adaptar-se às mudanças de tendências que estão ocorrendo tanto no tipo de passageiros quanto no modelo, e incorporar e promover o desenvolvimento e implementação de novas tecnologias. 


O Potencial Da Aena Para A Indústria Internacional 

A Diretora Comercial e Imobiliária, Aena, María José Cuenda, falou durante a apresentação com Martin Moodie, Fundador e Presidente, The Moodie Davitt Report, sobre “esta oportunidade única que surge uma vez a cada década” e que permitirá aos operadores de todas as em todo o mundo para prestar serviços nos aeroportos da rede espanhola da Aena. 

“Queremos ter um papel central na indústria e, para isso, baseamos a estratégia de licitação em pilares fundamentais como sustentabilidade, tecnologia e experiência do cliente”, disse Maria José Cuenda. Destacou ainda que a Aena “tem as melhores plataformas: os aeroportos de Madrid, Barcelona, ​​Palma de Maiorca, Canárias e Málaga, entre outros”. 

A Diretora Geral Comercial e Imobiliário, Aena também destacou a recuperação do tráfego nos aeroportos da rede após a pandemia de COVID-19, atingindo um total de 159.308.824 passageiros nos primeiros oito meses de 2022, com uma recuperação de 85,3% do tráfego em relação ao mesmo período de 2019. 

Ela também enfatizou a boa gestão dos aeroportos da Aena neste verão, sem interrupções operacionais ao contrário de outros aeroportos europeus; e a experiência internacional da Aena como operadora de 23 aeroportos na América e na Europa - além de outros 11 aeroportos no Brasil a partir de fevereiro de 2023 - o que lhe confere amplo conhecimento sobre tipos de passageiros e relações comerciais.

Aena está trabalhando com a empresa Álvarez & Marsal para desenvolver essa estratégia. 

Comentários