Lufthansa Recebe Seu Primeiro Boeing 787 Dreamliner No Aeroporto De Frankfurt (FRA)

A Lufthansa recebeu um novo modelo de aeronaves para sua frota. O primeiro Boeing 787 com o registro D-ABPA pousou na semana passada no Aeroporto de Frankfurt. A aeronave foi originalmente construída para outra companhia aérea, mas não foi aceita. 

(© Lufthansa)

A cabine de última geração com assentos confortáveis em Business, Premium Economy e Economy Class será redesenhada nas próximas semanas nas cores e design da Lufthansa. O membro mais jovem da frota de longo curso da Lufthansa será inicialmente implantado de Frankfurt para fins de treinamento em rotas domésticas alemãs a partir de outubro. O primeiro destino intercontinental programado do "Dreamliner" da Lufthansa deverá ser a metrópole canadense de Toronto. 

"Com o Boeing 787, estamos introduzindo outro tipo de aeronave moderna que é uma das aeronaves de longo curso mais econômicas da nossa frota. Desta forma, podemos melhorar significativamente o saldo médio de CO2. Esta aeronave é sustentável e oferece aos clientes uma experiência de voo premium", diz Jens Ritter, CEO, Lufthansa Airlines. 

As aeronaves de longo curso "Dreamliner" de última geração consomem uma média de apenas cerca de 2,5 litros de querosene por passageiro e 100 quilômetros de distância de voo. Isso é cerca de 30% menos do que seu modelo antecessor. Entre 2022 e 2027, o Grupo Lufthansa receberá um total de 32 Boeing "Dreamliners". Cerca de 60% do investimento total da frota do Grupo Lufthansa vai para a Lufthansa Airlines e a Lufthansa Cargo. A Boeing e a Lufthansa têm uma parceria de 90 anos na qual a Lufthansa foi frequentemente o primeiro cliente para novos modelos de aeronaves: por exemplo, o Boeing 737, 747-230F e o 747-8. 

O Boeing 787-9 também oferece aos viajantes uma experiência de viagem aprimorada:

Cabine Espaçosa 

A cabine larga da família Boeing 787 Dreamliner oferece aos passageiros um ambiente ainda mais espaçoso. Na Classe Executiva, por exemplo, os corredores são largos o suficiente para poder passar os carrinhos de serviço sem problemas. A área de entrada alta transmite um sentimento de ainda mais liberdade.

As janelas do 787 são as maiores de todas as aeronaves. Como eles também são montados mais alto na fuselagem, os viajantes também podem ver o horizonte dos assentos na fila do meio. Os compartimentos de bagagem são projetados para serem adequados para os diferentes tipos de carrinhos e cada viajante pode convenientemente armazenar outra mala sobre eles. 


Classe Executiva Melhorada 

O Boeing 787 também possui uma classe executiva melhorada. Todos os assentos têm acesso direto ao corredor, podem ser facilmente e rapidamente transformados em uma cama de dois metros de comprimento e oferecem mais espaço de armazenamento. Além disso, os viajantes têm significativamente mais espaço disponível na área do ombro. No próximo ano, a companhia aérea introduzirá um novo produto Top de linha em todas as classes de viagens, Economy, Premium Economy, Business e First Class, que foi especialmente co-desenvolvido pela Lufthansa e é incomparável no mercado.


Iluminação

A chamada Iluminação Cêntrica Humana, um sistema de iluminação especialmente programado e flexível, ilumina a cabine em luz vermelha e quente, com nuances graduadas até a luz azul mais fria. Dependendo da hora do dia ou da noite, a luz na cabine da aeronave é, portanto, baseada no bioritmo dos passageiros. As cortinas de janelas a bordo são fundamentalmente diferentes uma das outras aeronaves comerciais. As persianas da janela elétrica permitem que os viajantes diminuam as janelas ao toque de um botão e ainda vejam a paisagem que passa. 

Comentários