LATAM E Delta Firmam Parceria De "Joint Venture" Com Aprovação Do DOT Dos EUA

- Joint Venture permitirá aos passageiros acessar mais de 300 destinos entre os EUA/Canadá e a América do Sul (Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai) 

- Acordo tornará mais fácil para as companhias aéreas aumentarem o nível de cooperação no mercado América do Sul - Estados Unidos/Canadá, o que resultará em maior número de rotas, mais e melhores conexões e no fortalecimento dos benefícios oferecidos atualmente para seus clientes dos programas de passageiro frequente 

Estados Unidos - O Departamento de Transportes (DOT) dos EUA aprovou a Joint Venture (JV) entre Delta Air Lines e LATAM Airlines Group, LATAM Airlines Brasil, LATAM Airlines Colômbia, LATAM Airlines Peru e LATAM Airlines Paraguai, que permitirá às companhias aéreas melhorar a experiência de viagem de seus passageiros e clientes de carga, oferecendo-lhes novos benefícios, incluindo melhor serviço e mais rotas a serem adicionadas às operações de codeshare.

(© LATAM)

Assim que a JV for implementada, as companhias aéreas trabalharão para criar este acordo comercial líder entre os EUA/Canadá e a América do Sul (Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai). 

“A joint venture entre a Delta e a LATAM ajudará o crescimento do mercado entre a América do Norte e a América do Sul, proporcionando benefícios significativos e necessários para os clientes. Aplaudimos o DOT por esta aprovação final”, afirma Ed Bastian, CEO, Delta Air Lines. "Agora vamos trabalhar com a LATAM para transformar a experiência de viagem de todos os nossos clientes e criar novas oportunidades para nossos funcionários." 

“A aprovação do DOT dará início ao trabalho com a Delta para entregar mais e melhores benefícios aos clientes da LATAM e da Delta, como conexões mais rápidas, acúmulo conjunto de milhas em programas de passageiro frequente, entre muitos outros. Tenho certeza de que, com o tempo, poderemos oferecer as melhores conexões incorporando uma visão sustentável de futuro”, afirma Roberto Alvo, CEO, Grupo LATAM Airlines. 

Delta e LATAM anunciaram seu primeiro acordo em 2019, com o objetivo de expandir significativamente as opções de viagem na América do Norte e do Sul e oferecer uma experiência líder do setor. 

Desde então, as companhias aéreas alcançaram vários marcos, incluindo acúmulo/resgate mútuo de milhas e benefícios recíprocos para os passageiros; terminais compartilhados em aeroportos como Nova York (JFK), São Paulo/Guarulhos (GRU) e Santiago (SCL); e acesso mútuo a 53 salas VIP Delta Sky Club nos Estados Unidos e 5 salas LATAM na América do Sul, incluindo o novo e exclusivo Delta Sky Club em Los Angeles (LAX) e o novo LATAM Lounge Santiago, no Chile, o maior da América do Sul. 

Em 2020, a Delta e a LATAM introduziram seus primeiros serviços de codeshare na América do Sul e, em 2021, expandiram o codeshare para mais de 20 rotas entre os EUA e a América do Sul, além de conexões para uma ampla rede de destinos nacionais e regionais a partir de seus centros de conexão em Atlanta, Nova York e Los Angeles, Santiago, Lima, Bogotá e São Paulo, melhorando a conectividade entre as duas regiões.


Um Compromisso Compartilhado Entre Duas Marcas Globais Líderes 

A Joint Venture entre Delta e LATAM reúne duas marcas globais líderes que estão comprometidas com a inovação; melhoria contínua da experiência do cliente; à diversidade, equidade e inclusão e cuidado com o meio ambiente. 

Durante a pandemia, as companhias aéreas mantiveram sua abordagem centrada no cliente, implementando medidas de saúde e higiene para garantir a segurança de seus funcionários e clientes e oferecendo políticas de viagem flexíveis para sua tranquilidade. 

A Delta e a LATAM continuarão avançando em suas metas em direção a um futuro mais sustentável. 

Comentários