Destaque Da Semana

ABAV Expo Volta Ao Formato Presencial No Mês De Outubro Em Fortaleza

Tráfego De Passageiros Em Aeroportos Da Aena Caiu 72,4% Na Espanha Em 2020

• Limites em viagens domésticas e internacionais permanecem em vigor para evitar o propagação do vírus

• O número de passageiros é de 76.064.322 em comparação com 275.247.387 em 2019

• Foram operados 1.101.185 movimentos de aeronaves (-53,4%) e 787.848 toneladas de carga transportadas na rede (-26,3%)

Os aeroportos da rede Aena encerraram 2020 com 76.064.322 passageiros, 72,4% a menos que no ano anterior, junto com 1.101.185 movimentos de aeronaves, 53,4% menores, e 787.848 toneladas de carga transportada, 26,3% menor do que em 2019.

Vista do Aeroporto Josep Tarradellas Barcelona-El Prat. (© Google Imagens)

Do total de passageiros registrados, 75.641.258 foram passageiros comerciais com 33.754.971 em voos domésticos, 60,6% a menos que em 2019, e 41.886.287 nas rotas internacionais, queda de 77,8%.

A queda no tráfego de passageiros deveu-se às restrições de viagens na Espanha e no resto do mundo causado pela propagação da COVID-19 desde março passado e que ainda estão em vigor.


Tráfego Por Aeroportos

O aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas teve o maior número de passageiros na rede em 17.112.389 viajantes, o que representa uma redução de 72,3% em relação a 2019.

Foi seguido pelo Aeroporto Josep Tarradellas Barcelona-El Prat, com 12.739.259 (-75,8%); Palma de Maiorca, com 6.108.486 (-79,4%); Málaga-Costa del Sol, com 5.161.636 (-74%); Gran Canaria, com 5.134.372 (-61,3%); Alicante-Elche, com 3.739.499 (-75,1%); Tenerife Sur, com 3.392.329 (-69,6%); e Tenerife Norte-Ciudad de La Laguna, com 2.795.952 (-52,1%).

Em termos de número de operações, o aeroporto que registrou o maior número de movimentos em 2020 foi Adolfo Suárez Madrid-Barajas com um total de 165.740 (-61,1%), seguido por Josep Tarradellas Barcelona-El Prat com 122.638 (-64,4%); Palma de Maiorca com 76.851 (-64,6%); Grã-Canária com 67.282 (-46,8%); Málaga-Costa del Sol com 59.668 (-58,8%); Tenerife Norte-Ciudad de la Laguna com 46.100 (-38,8%); Alicante-Elche com 37.153 (-63,4%); e Valência com 35.900 (-53,8%).

Os aeroportos que operam principalmente voos não comerciais com o maior número dos movimentos em 2020 foram Madrid-Cuatro Vientos com 44.468 operações (-14,4%), Sabadell com 40.650 (-19,8%) e Jerez com 37.024 (-32,1%).

Em termos de frete, foram transportadas 787.848 toneladas em toda a rede Aena em 2020, 26,3% menos que em 2019 por causa de grande parte do frete usual foi transferido para aviões comerciais de passageiros.

Os quatro aeroportos com maior tráfego de carga no ano passado foram Adolfo Suárez Madrid-Barajas com um total de 401.133 toneladas (-28,4%); Saragoça com 143.600 toneladas (-21,4%); Josep Tarradellas Barcelona-El Prat com 114.263 toneladas (-35,4%); e Vitória com 64.334 toneladas (-0,2%).


Dezembro De 2020

Em relação ao mês de dezembro, a rede aeroportuária de Aena registrou um total de 3.818.162 passageiros, 79,1% menor que em dezembro de 2019. Deste total, 3.790.610 eram passageiros comerciais domésticos, 2.180.287 dos quais estavam em voos domésticos, 66,2% menos do que em dezembro de 2019, enquanto 1.610.323 voavam em rotas internacionais, uma queda de 86,3%.

Houve 75.114 operações de aeronaves nos aeroportos da rede Aena em Dezembro de 2020, 53,9% menor que em dezembro de 2019. O valor total de a carga transportada foi de 74.425 toneladas, 22,2% a menos que em dezembro de 2019.