Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Egito Recebeu Mais De 100 Mil Turistas Desde Reabertura

Segundo o Ministério de Antiguidades e Turismo egípcio, foram registradas mais de 100.000 turistas em Hurghada e Sharm El Sheikh desde o dia 1º de julho, quando o país reabriu para o turismo

São Paulo – O Egito divulgou na semana passada, quarta-feira (19), um balanço da reabertura ao turismo. Segundo o Ministério de Antiguidades e Turismo egípcio, foram registradas mais de 100.000 visitas de turistas nas regiões turísticas de Hurghada e Sharm El Sheikh desde a retomada do turismo no país.

Turistas em Sharm El Sheik, Egito. (©ANBA)

O país passou a receber novamente turistas em 1º de julho. De acordo com o site do governo egípcio, os turistas vieram da Bielorrússia, Ucrânia, Suíça, Hungria e Sérvia. O ministro de Antiguidades e Turismo, Khaled Al-Anani, afirmou recentemente que as atividades de turismo cultural serão retomadas em breve.

As três províncias abertas aos turistas atualmente são South Sinai, Red Sea e Matrouh. Hurghada e Sharm El Sheikh estão entre os principais pontos turísticos dessas províncias. Segundo o Ministério do Turismo, a maioria dos turistas voltou para casa sem que tenha sido observado nenhum caso de covid-19. O governo, no entanto, não detalhou números de possíveis contaminações.

O Egito tem, atualmente, 96.753 casos confirmados de covid-19. Desse total, 5.184 resultaram em mortes pela doença. Os dados são da Organização Mundial da Saúde. O país está entre os destinos que exigem que o passageiro apresente teste PCR negativo antes da chegada. Também é preciso ter seguro de saúde internacional e preencher uma declaração de viagem, entre outros requisitos.

Fonte: ANBA

Comentários