Destaque Da Semana

ITB Asia Retorna Ao Formato Físico Em Cingapura No Final De Outubro De 2021




Indústria Hoteleira Dos EUA Relata Resultados Positivos Para O Mês De Novembro

A indústria hoteleira dos EUA relatou resultados positivos nas três principais métricas de desempenho durante novembro de 2019, de acordo com dados da STR.


Em uma comparação ano a ano com novembro de 2018, o setor divulgou o seguinte:

Ocupação: + 0,3% a 61,8%
Taxa média diária (ADR): + 1,0% a US$ 125,55
Receita por quarto disponível (RevPAR): + 1,3% a US$ 77,62

"Um sinal dos tempos, este foi o primeiro mês desde julho, com aumentos nos três KPI´s", disse Jan Freitag, vice-presidente sênior de hospedagem da STR. “Cada uma das métricas de desempenho atingiu um nível absoluto recorde em novembro, mas o crescimento geral do desempenho ficou bem abaixo da média de longo prazo. Estamos projetando aumentos de RevPAR inferiores a 1,0% para 2019 e 2020 - essas serão as piores comparações ano a ano na métrica desde a recessão. Independentemente disso, qualquer crescimento ainda é positivo.”

Entre os 25 principais mercados, São Francisco/San Mateo, Califórnia, registrou o maior salto no RevPAR (+ 21,5% para US$ 203,61), devido ao único aumento de dois dígitos em ADR (+ 14,2% a US$ 259,80) e o maior aumento da ocupação (+ 6,3% para 78,4%). Anaheim/Santa Ana, Califórnia, registrou o segundo maior aumento de ADR (+ 7,5% para US$ 159,41) e RevPAR (+ 10,5% para US$ 119,51). No geral, 15 dos 25 principais mercados registraram um aumento no RevPAR.

Boston, Massachusetts, registrou o maior declínio em cada uma das três principais métricas de desempenho: ocupação (-10,5% a 69,4%), ADR (-7,0% a US$ 183,53) e RevPAR (-16,8% a US$ 127,33).

Nova York, Nova York, reportou a segunda maior queda de ADR (-6,1% para US$ 267,94), o que resultou na segunda maior queda no RevPAR (-7,2% para US$ 232,85).

Fonte: STR
Imagem: Google Imagens