Companhia Aérea Paraguaia Anuncia Vôos Para O Rio de Janeiro

A companhia aérea paraguaia Paranair anunciou, nesta semana, uma nova rota que conectará Assunção ao Rio de Janeiro. Serão dois voos semanais a partir do dia 2 de dezembro até o fim do Carnaval. O anúncio foi feito durante encontro entre o governador Wilson Witzel, o secretário de Turismo, Otavio Leite, e o representante da Paranair, Rômulo Campos, em Leque, no Paraguai.


A expectativa também é garantir o stopover (possibilidade de, numa mesma viagem, o visitante usufruir de alguns dias na cidade de conexão do seu destino final) para turistas que saiam do Paraguai com destino à Europa, já que a Paranair trabalha em parceria com a companhia espanhola Iberia. Os visitantes teriam de 2 a 5 dias para visitar o estado do Rio de Janeiro.

-O stopover é um programa que estamos construindo com os serviços turísticos, com descontos em diárias de hotéis, e em pontos turísticos. Essa parceria com a Paranair é mais uma grande conquista para o turismo do nosso estado. Também vamos realizar um trabalho de promoção das atrações turísticas fluminenses, em Assunção - disse o governador.


Incentivo Às Companhias Aéreas

O Governo do Estado tem incentivado empresas aéreas a aumentarem a frequência dos vôos com destino ao Rio de Janeiro. Também a partir de dezembro, a Air France vai ampliar a frequência dos vôos semanais de sete para dez entre os aeroportos de Paris e Rio Janeiro. O acréscimo dos três vôos para a Europa dará́ ao Rio 15 mil novos turistas no período de quatro meses.

A argentina Flybondi já oferece vôos com baixo custo sem escalas entre Rio e Buenos Aires. São quatro vôos semanais. Já a Sky Airline aumentou o número de vôos para o Rio de Janeiro. A companhia aérea chilena ampliou os vôos na alta temporada: de julho deste ano a janeiro de 2020. A Iberia também aumentou os vôos semanais, de cinco para sete, de Madri para o Rio. Serão 20 mil assentos a mais anualmente para os turistas internacionais.

-Hoje, recebemos 1,5 milhão de turistas estrangeiros, mas nós esperamos chegar a 3 milhões até o final de 2022. Estamos trabalhando para desenvolver o setor, e atrair mais parceiros - explicou o secretário de Turismo, Otavio Leite.

Imagem: Google Imagens