STR: Hotelaria Global Registra Resultados Distintos No Mês De Agosto, Confira

Os hotéis no Oriente Médio registraram resultados negativos de desempenho em agosto de 2019, enquanto hotéis na África registraram aumentos nas três principais métricas de desempenho. Já a indústria hoteleira da Europa registrou resultados positivos nas três principais métricas de desempenho no mesmo mês de Agosto de 2019. Enquanto isto os hotéis da região Ásia-Pacífico registraram resultados, também, negativos, como o Oriente Médio, nas três principais métricas de desempenho, de acordo com dados da STR.


Oriente Médio

Ocupação: -0,6% a 63,1%
Taxa média diária (ADR): -6,8% a US$ 158,79
Receita por quarto disponível (RevPAR): -7,3% a US$ 100,23


África

Ocupação: +0,3% a 63,2%
Taxa média diária (ADR): +3,4% a US$ 109,54
Receita por quarto disponível (RevPAR): +3,7% a US$ 69,25


Abu Dhabi

Ocupação: +3,9% a 67,1%
ADR: -0,9% a AED 324,61
RevPAR: +3,0% para AED 217,73

O nível de ocupação absoluto de Abu Dhabi foi o mais alto de agosto no mercado desde 2015. Os analistas da STR observam que os maiores aumentos de ADR e RevPAR ocorreram durante Eid al-Adha (11 a 13 de agosto). De acordo com a previsão de mercado da STR, Abu Dhabi deverá ver um crescimento adicional do RevPAR para 2019, em geral.


Beirute, Libano

Ocupação: +3,8% a 71,4%
ADR: +13,1% para LBP 289.435,32
RevPAR: +17,4% para LBP 206.641,09

Entretanto os níveis de ocupação absoluta e RevPAR foram os mais altos em agosto em Beirute, desde 2009, enquanto o nível de ADR foi o mais alto em um mês, desde 2011. Os analistas da STR observam que o desempenho dos hotéis em Beirute está se recuperando depois que a proibição de viajar da Arábia Saudita foi revogada anteriormente. Os analistas destacam que a demanda (+ 7,0%) em agosto superou a oferta (+ 3,0%), e essa é uma tendência que deve continuar, já que se espera que o crescimento da oferta permaneça silenciado. Não há projetos de pipeline ativos no mercado, de acordo com o banco de dados AM:PM do STR.


Europa

Ocupação: +0,4% a 77,7%
Taxa média diária (ADR): +1,0% para EUR 118,70
Receita por quarto disponível (RevPAR): +1,4% para EUR 92,25


Tel Aviv, Israel

Ocupação: + 7,5% a 73,9%
ADR: -2,6% para ILS 954.83
RevPAR: + 4,7% para ILS 705.47

Os níveis de ocupação absoluta e RevPAR foram os mais altos em agosto em Tel Aviv, desde 2015. Os analistas da STR observam que a demanda (+ 8,8%) superou significativamente a oferta (+ 1,2%) nas comparações ano a ano.


Atenas, Grécia

Ocupação: +10,7% a 81,4%
ADR: +23,4% para EUR 160,22
RevPAR: +36,6% para EUR 130,41

Já os níveis absolutos para cada uma das três principais métricas de desempenho na Europa foram os mais altos em Atenas, na Grécia, desde 2004. Os analistas da STR observam que um aumento na popularidade entre os viajantes dos EUA e da Ásia, juntamente com as novas rotas aéreas sem escalas, ajudaram a demanda no país. No geral, os meses de verão em Atenas foram particularmente fortes em comparação com os últimos anos, pois a Grécia é um destino popular de lazer.


Ásia-Pacífico

Ocupação: -2,2% a 73,4%
Taxa média diária (ADR): +0,3% a US$ 101,54
Receita por quarto disponível (RevPAR): -1,9% a US$ 74,57


Seul, Coreia do Sul

Ocupação: +10,8% a 81,8%
ADR: -1,6% para KRW 159.048,02
RevPAR: +9,1% para KRW 130.158,81

Apesar de o nível absoluto de ocupação, impulsionado por um aumento de 12,7% na demanda, o nível absoluto na Ásia foi o mais alto de todos os meses no mercado de Seul desde outubro de 2016. Segundo a Organização de Turismo da Coréia, o número de visitantes da China aumentou 20,9% em agosto e 27,5% para o mês de outubro. A organização apontou um sentimento melhorado sobre a Coréia do Sul, e novos vôos disponíveis como fatores no crescimento da chegada.


Xangai

Ocupação: -3,1% a 74,4%
ADR: +3,4% para CNY 631.21
RevPAR: +0,2% para CNY 469.48

E para finalizar; o nível absoluto de ADR da Ásia foi o mais alto de agosto, em Xangai, desde 2010. Além do crescimento da oferta de 2,3%, os analistas da STR atribuem o declínio na ocupação a uma queda na demanda causada por uma menor escala de exposições realizadas no mercado em comparação com o mês de Agosto. As últimas previsões da STR e Tourism Economics projetam que o RevPAR de Xangai caia 3,0% em 2019.

Fonte: STR

Comentários