Treze Tílias

Geografia

Treze Tílias (em alemão Dreizehnlinden) é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se no Oeste Catarinense a uma altitude de 796 metros. Sua população estimada em 2014 era de 7.082 habitantes.


História

Treze Tílias foi fundada em 13 de outubro de 1933, por imigrantes da região do Tirol (principalmente do Tirol austríaco, mas também do Tirol italiano), que fugiam da grave crise econômica na Europa. Devido à Primeira Guerra Mundial, a economia austríaca estava abalada e o então ministro da agricultura da Áustria, Andreas Thaler, resolveu emigrar para o Brasil acompanhado de algumas famílias de emigrantes austríacos do Tirol e demais regiões austríacas, em busca de melhores condições de vida. Chegaram ao centro do estado de Santa Catarina, onde encontraram um clima temperado, semelhante ao clima europeu, e terras férteis, propícias para a fundação de uma colônia organizada.


Cultura

Os imigrantes austríacos eram oriundos das regiões do Tirol (grande maioria), Salzburgo e Vorarlberg, mas havia também famílias oriundas de outros estados da Áustria, como a Alta Áustria, a Caríntia e Viena. Quando os austríacos lá chegaram, já viviam, na região, alguns imigrantes alemães (sobretudo da região do Hunsrück) e descendentes de italianos oriundos, principalmente, da região do Vêneto e da província de Bérgamo, na região da Lombardia.

Na colônia, os imigrantes austríacos mantinham-se unidos, de modo a preservar seus costumes e isso marcou profundamente a cultura do município, que preserva fortes características tirolesas e austríacas. Há também descendentes um número considerável de tiroleses de língua italiana (trentinos), que vieram posteriormente, oriundos de famílias imigrantes que se instalaram primeiramente no Rio Grande do Sul.

A cultura tirolesa é preservada no dialeto, na arquitetura típica da cidade (de estilo alpino), na culinária tradicional e nos grupos folclóricos de dança e canto que animam as festas do município. Tradições e costumes são preservados nas famílias e despertam o interesse de visitantes brasileiros e europeus. Treze Tílias preserva com orgulho suas raízes culturais, reforçando, assim, o elo de amizade entre a nação brasileira (das novas gerações) e a nação austríaca (origem dos fundadores da cidade).


Turismo

Rota da Amizade

Treze Tílias faz parte da Rota da Amizade, que inclui sete municípios do oeste catarinense que oferecem uma série de atrativos e culturas, no incentivo ao turismo na região. Os outros municípios são: Tangará, Fraiburgo, Piratuba, Pinheiro Preto, Videira e Joaçaba.


Tirolerfest

Desde o primeiro ano da chegada dos imigrantes austríacos, sua tradição é mantida com grandes confraternizações. A festa conhecida por Tirolerfest, acontece todos os anos no mês de outubro, sempre próxima ao dia 13, aniversário do município. No início, as confraternizações eram de um ou dois dias, mas o evento foi crescendo, sendo atualmente nove dias de festa e assim tornando-se um destino bastante procurado por turistas do Brasil, e do exterior.

A programação desta festividade inclui: desfiles, apresentações de bandas, corais e grupos de danças folclóricos do município e também de outros locais. Um dos pontos altos da festa é representado pelo "Bierwagen", do alemão "carro da cerveja", no qual passeiam homens, mulheres e crianças devidamente trajadas tipicamente, tocando, cantando e distribuindo chope gratuitamente. No decorrer da festa, acontece, também,uma noite cultural denominada "Lustiger Tiroler Abend" (traduzido do alemão, "Uma Alegre Noite Tirolesa"), onde acontecem diversas apresentações folclóricas.


Cervejaria Bierbaum

Anexa ao Restaurante e Pizzaria Edelweiss, foi criada em 2004. Primeira micro-cervejaria do oeste catarinense. Sua produção é baseada no consumo do próprio estabelecimento.


Museu Municipal Andreas Thaler

A casa onde o fundador da cidade Andreas Thaler residiu com sua família foi transformada em museu, onde está exposta a história da imigração da região, através dos utensílios e equipamentos utilizados pelos colonizadores.


Parque do Imigrante

Um parque rodeado de muito verde, com lago com pedalinhos, academia ao ar livre, parquinho infantil, quadra de areia, Capela de São Bento e Via Sacra, que encantam e embelezam um ambiente tranquilo, e de muita paz.


Arquitetura alpina

Junto com os imigrantes veio também seu estilo de construção das moradias, que pode ser visto nos detalhes das sacadas, floreiras, entalhes em madeira nas casas e na presença do campanário deixando em destaque o estilo Alpino. Os jardins também fazem parte desta cultura e, assim como as floreiras das janelas e sacadas, estão o ano todo coloridos e esbanjando beleza.


Turismo Rural

Linha Babenberg

Fica a 7 quilômetros do centro. É o local onde os imigrantes se instalaram quando chegaram ao município. Construíram sua 1ª igreja e num conjunto a Via Sacra e a bela Gruta de Nossa Senhora Aparecida. Em maio no dia das mães e em 12 de outubro, no dia de Nossa Senhora Aparecida, seguem romarias até a Gruta com Missa e Festa.


Linha Pinhal

É na comunidade de Linha Pinhal que se manteve viva a cultura italiana, presente na arquitetura, nas cantinas que oferecem produtos coloniais, como queijos e vinhos.