Tripulantes De Cabine Da Ryanair Em Espanha Iniciam Nova Greve Hoje

A tripulação de cabine da Ryanair em Espanha iniciou hoje a terceira greve deste verão, convocada novamente pelos sindicatos USO e SITCPLA, que acusam a low cost de recusar voltar às negociações de um acordo coletivo. 

(© PressTur)

A greve, segundo uma notícia da agência Lusa citada na imprensa portuguesa, vai decorrer até 7 de janeiro de 2023 através de paragens semanais de 24 horas, entre segunda e quinta-feira, para as quais são convocados cerca de 1.600 trabalhadores das empresas Ryanair, Crewlink e Workforce. 

A paralisação provocou o cancelamento de 319 voos com origem ou destino em Espanha nos meses de junho e julho.

A greve provocou atrasos em 3.700 ligações, segundo os sindicatos que convocaram o protesto.

Comentários