Destaque Da Semana

VINCI Airports Assume A Operação Do Aeroporto Internacional De Manaus (Brasil)

- Um aeroporto que recebeu 3 milhões de passageiros em 2019

- Infraestrutura essencial para mobilidade, conectividade e desenvolvimento social na Amazônia

- Implantação do plano de ação ambiental da VINCI

A VINCI Airports assumiu hoje a operação do aeroporto de Manaus, com contrato de concessão de 30 anos premiada pela aviação civil brasileira em abril. A cooperação efetiva entre a VINCI Airports e a Infraero - uma empresa pública de infraestrutura aeroportuária - permitiu uma transição suave. Seis outros aeroportos do região - Porto Velho, Rio Branco, Boa Vista, Cruzeiro do Sul, Tabatinga e Tefé - se juntará à VINCI Airports portfólio em fevereiro de 2022. No total, esses sete aeroportos receberam 7 milhões de passageiros em 2019.

Vista externa do Aeroporto Internacional de Manaus, Brasil. (© VINCI Airports)

Terceiro aeroporto de cargas do Brasil, o aeroporto de Manaus é um pilar do desenvolvimento econômico e social do Amazonas. A VINCI Airports trabalhará para desenvolver a atividade de carga desta plataforma otimizando sua operação.

Aproveitando o bom desempenho ambiental do aeroporto de Salvador - que se tornou "o aeroporto mais sustentável do Brasil" desde que assumiu as operações em 2018 - a VINCI Airports também implantará seu plano de ação ambiental na Amazônia. O objetivo é reduzir as emissões de CO2 dos aeroportos - nomeadamente através da construção de um parque solar - e melhorar a gestão da água e dos resíduos.

Por fim, será implementado ali um programa de sumidouro de carbono florestal, para sequestrar as emissões de CO2 residual, ao mesmo tempo em que ajuda a proteger a floresta amazônica e a biodiversidade.

Após a integração do aeroporto de Manaus e dos outros seis aeroportos da região, a VINCI Airports opera 53 aeroportos ao redor do mundo, incluindo 8 aeroportos no Brasil. Torna-se assim a principal concessionária de aeroportos internacionais em número de aeroportos administrados e emprega cerca de 500 pessoas no país.

Nicolas Notebaert, CEO da VINCI Concessions e Presidente da VINCI Airports, declarou: "A VINCI Airports é orgulho de ser a nova operadora do aeroporto de Manaus e de outros seis novos aeroportos do bloco norte. Nesta região do Brasil, formado em grande parte por florestas e rios, o transporte aéreo é essencial para a mobilidade das pessoas e da cadeia produtiva. Mobilizaremos nossa expertise do ponto de vista operacional e ambiental, com vistas à sustentabilidade do desenvolvimento. Estamos renovando nossa parceria com o Brasil para tornar esta concessão um novo sucesso, com base nos resultados muito positivos que obtivemos em Salvador, Bahia.”

Comentários