Destaque Da Semana

AHP Diz Que Apoio Financeiro Do Governo Ao Turismo Não Está Disponível

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) denunciou hoje em comunicado que “não está disponível” a linha de 150 milhões de euros de apoio ao turismo anunciada pelo Governo no dia 27 de setembro, na cerimônia do Dia Mundial do Turismo.

Raul Martins, Presidente da AHP. (© PressTur)

Citado no comunicado, o presidente da AHP, Raul Martins, afirmou que “os apoios públicos são imprescindíveis para ultrapassarmos as consequências econômicas da 5ª vaga e prepararmos a retoma futura”.

Raul Martins sublinhou que “nada aconteceu” depois “dos anúncios feitos e do Banco de Fomento fazer publicidade à linha de apoio ao turismo de 150 milhões de euros, por via da qual se pretende  apoiar a retoma sustentável do Turismo, nomeadamente através do reforço de fundo de maneio das empresas viáveis, note-se, e da dinamização dos investimentos relevantes para o setor”.

“Na prática, onde estão os protocolos bancários ? Que bancos aderiram ? Quando é que de fato os empresários se podem dirigir ao seu Banco ?”, questiona o presidente da AHP.

“A incertitude [anglicismo usado no comunicado da AHP em lugar de incerteza] é grande e os momentos que atravessamos exigem disponibilidade e concretização dos apoios públicos o quanto antes. Só assim estaremos de pé para a retoma, que esperamos e desejamos possa acontecer no 2º semestre de 2022”, frisou o dirigente.

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, anunciou no dia 11 de novembro em Albufeira, no Congresso da Hotelaria e Turismo, que a linha de 150 milhões de euros para reforçar a oferta turística existente deveria estar disponível nas instituições bancárias até ao final desse mês.

O PressTUR questionou o gabinete de comunicação do Ministério da Economia e Transição Digital sobre as afirmações da AHP e aguarda respostas.

Comentários