Richard Fain Deixa Liderança Da Royal Caribbean Em Janeiro De 2022

Richard Fain, Chief Executive Officer do Grupo Royal Caribbean há 33 anos, vai deixar a liderança da empresa de cruzeiros no dia 3 de janeiro, sendo sucedido no cargo por Jason Liberty, atual Chief Financial Officer. Richard Fain vai manter-se como chairman do Conselho de Administração, órgão que o novo CEO, Jason Liberty, também irá integrar a partir de janeiro.

“A carreira histórica de Fain é definida pelas inovações que ele defendeu envolvendo todos os aspectos dos cruzeiros - desde o design revolucionário dos navios aos grandes esforços de sustentabilidade até às tecnologias e recursos inovadores que enriqueceram a experiência a bordo para milhões de clientes”, destaca um comunicado do grupo.

Sob a liderança de Richard Fain, o Grupo Royal Caribbean introduziu as classes Sovereign, Voyager e Oasis da Royal Caribbean International; as classes Solstice e Edge da Celebrity Cruises; a classe Royal Caribbean International Icon, que será lançada em 2023; e o "Project Evolution" da Silversea Cruises, que se tornará o primeiro navio com motor híbrido da indústria quando for lançado em 2023.

O novo CEO, Jason Liberty, entrou no Grupo Royal Caribbean em 2005 e atuou em várias funções financeiras, estratégicas e operacionais antes de se tornar CFO em 2013.

Com a promoção de Jason Liberty a CEO, Naftali Holtz, atualmente Vice-Presidente Sênior de Finanças, será promovido a CFO.

O Grupo Royal Caribbean é uma das principais empresas de cruzeiros do mundo, com uma frota global de 60 navios com itinerários que visitam mais de 800 destinos em todo o mundo. As três marcas do grupo são a Royal Caribbean International, a Celebrity Cruises e a Silversea Cruises. Além destas, o grupo detém através de uma joint venture 50% da TUI Cruises e da Hapag-Lloyd Cruises.