Destaque Da Semana

Booking: Otimismo, Flexibilidade E Novas Conexões Para As Viagens Em 2022

Brussels Airlines Revela Nova Imagem, Cores, Logotipo E Pintura Das Aeronaves

A companhia aérea Brussels Airlines anunciou ao mercado uma nova imagem de marca, com novas cores, logotipo e pintura das aeronaves. A nova identidade de visual pretende assinalar um novo capítulo para a companhia aérea, “com forte foco na experiência do cliente, confiabilidade e sustentabilidade, mantendo uma estrutura de custos competitiva”, segundo um comunicado.

A Brussels sublinha que a pandemia de covid-19 permitiu acelerar em 2020 o seu plano de transformação Reboot Plus, com o qual pretende alcançar “uma estrutura de custos sólida e saudável”.

A segunda fase deste plano é a “construção e melhoria”, durante a qual a companhia aérea “volta a sua atenção para o futuro com investimentos estratégicos numa experiência melhorada do cliente, novas tecnologias, digitalização, novas formas de trabalhar e o desenvolvimento de seus funcionários”.

A Brussels Airlines está transformando-se para ser “uma companhia aérea saudável e lucrativa, que oferece perspectivas aos seus passageiros, parceiros e funcionários; uma companhia aérea com foco constante no meio ambiente e na redução da sua pegada ecológica”, acrescenta o comunicado.

“Queremos marcar claramente o início da New Brussels Airlines”, afirmou o CEO da companhia, Peter Gerber, citado no comunicado. “Para os nossos clientes, que merecem o melhor, mas também para os nossos funcionários, que estão comprometidos com a transformação que estamos promovendo e para a qual contribuem todos os dias”.

“Com essa nova identidade de marca, estamos prontos para mostrar aos nossos clientes, funcionários, parceiros e todos os demais públicos que estamos virando uma página”, acrescentou o executivo. “Como uma das quatro companhias aéreas da rede do Grupo Lufthansa, estamos construindo o caminho para um futuro promissor. Vemos esta nova identidade de marca como um símbolo de confiança na nossa empresa, enfatizando novamente a nossa identidade como a transportadora de bandeira da Bélgica”.