Destaque Da Semana

Setor Hoteleiro Brasileiro Relata Níveis Superiores De ADR Nos Últimos Meses

Bogotá, Colômbia - O setor hoteleiro brasileiro superou os comparáveis ​​em tarifa média diária (ADR) de 2019 em dois dos últimos três meses, segundo dados de setembro de 2021 do STR . 

O ADR do país atingiu R$ 327,21 em setembro, 6,4% superior ao comparável à pré-pandemia de setembro de 2019 (R$ 307,56). O Brasil também bateu seu 2019 comparável em julho, com um ADR de BRL 336,45.

“Setembro é normalmente um dos meses mais fracos de ADR no Brasil, mas a recuperação do país nos preços tem sido forte desde os primeiros meses deste ano”, disse Patricia Boo, Diretora de Área da STR para América Central e do Sul. “Os hotéis estão recuperando ADR muito mais rápido do que a ocupação devido a uma mudança em direção à demanda doméstica de lazer, bem como um alto volume de fechamentos nas classes de nível inferior.”

O nível de ocupação de 49,4% do país em setembro de 2021 foi o mais alto da era pandêmica, mas ainda 18,9% abaixo de setembro de 2019.

“Os hoteleiros confiaram quase inteiramente na demanda doméstica, o que levou a um forte desempenho em destinos de férias domésticos populares fora dos principais mercados”, disse Boo. “Embora os destinos domésticos devam antecipar um forte desempenho contínuo no curto prazo, é provável que o ADR diminua com o tempo, conforme as viagens internacionais de ida sejam retomadas. Atrair chegadas internacionais ajudará a compensar a perda de demanda interna quando isso acontecer.”

Mais análises sobre ADR de hotéis no Brasil e recuperação de ocupação podem ser acessadas: https://str.com/data-insights-blog/brazil-hotels-recovering-adr-much-faster-occupancy.