AHP Reitera Apelo Para Que Portugal Aceite Certificados De Vacinas De Fora Da UE

A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) voltou hoje a apelar ao governo para que aceite os certificados de vacinação dos turistas de fora da União Europeia (UE), defendendo que “só a aceitação de certificados de vacinação com carácter mais universal permitirá a normalização das viagens”.

“Portugal continua a perder vantagem competitiva face a outros destinos europeus, porque apenas aceitamos as vacinas autorizadas pela EMA, ao contrário de 15 países europeus, como a Alemanha ou Espanha, que aceitam outros certificados de vacinação, como é o caso do da AstraZeneca/Covishield, que foi administrada a milhões de cidadãos britânicos”, afirmou o presidente da AHP, citado num comunicado.

Raul Martins defende que “só a aceitação de certificados de vacinação com carácter mais universal permitirá a normalização das viagens e turismo”.

No comunicado, a AHP declara-se “satisfeita” com a decisão do governo de permitir viagens não essenciais dos Estados Unidos e do Brasil e de retirar a obrigatoriedade de quarentena à chegada a passageiros do Brasil e do Reino Unido.

“Meio caminho está feito. É importante agora que haja uma decisão urgente quanto aos certificados de vacinação de fora da UE”, frisou Raul Martins, repetindo assim o apelo feito no início da semana.

Ontem, dia 2, a Confederação do Turismo de Portugal (CTP) também pediu ao governo português que reconheça urgentemente os certificados de vacinação dos turistas de fora da UE, alertando que outros destinos turísticos concorrentes já o estão a fazer.

Comentários

Destaques Da Semana

É Possível Pedir O Visto Para Morar Em Portugal Entrando Como Turista ?

Windstar Cruises Divulga Sua Oferta "Wave Season" Válida Até Final De Fevereiro De 2022

Hurb Traz Levantamento De Viagens Em 2021 E Aponta As Tendências Para 2022 E 2023

ONU: Turismo Na África Só Regressará Aos Níveis Pré-Pandêmicos Em 2024

Final De Ano Faz Venda Online De Passagens Rodoviárias Crescer 37% No Brasil