Destaque Da Semana

Iberia Espera Atingir Em Julho 60% Da Capacidade De Há Um Ano

A companhia aérea espanhola Iberia, do IAG, anunciou na Fitur que tem planejado atingir em julho 60% da capacidade que teve no mercado em 2019, pré-pandemia de covid-19.

(© PressTur)

A informação foi avançada pela sua diretora Comercial Maria Jesus Lopez Solas, que especificou que este mês a capacidade da Iberia está em 40% da que tinha em 2019, para junho prevê atingir 50% e em julho chegar a 60%.

A imprensa internacional realça que o CEO da Iberia, Javier Sanchez-Prieto, argumentou que Espanha precisa de se abrir ao mundo, especialmente à América Latina, e superar os meses de restrições às viagens no âmbito do combate à covid-19. Nesse sentido, acrescentou, nas próximas semanas haverá uma decisão sobre o recomeço das rotas da América Latina, até por que, a sua perspectiva é que há uma enorme procura que tem estado reprimida.

Maria Jesus Lopez Solas salientou até que a Iberia tem registado um grande afluxo de reservas assim que coloca os voos no mercado e especificou que a companhia aérea tem planeado voar em junho para 18 capitais latino-americanas.

A executiva destacou ainda que a companhia aérea, além da América Latina, também quer retomar as ligações com a Ásia, que atualmente representam apenas 5% das sua capacidade, mas que Lopez Solas considera poder atingir os níveis de outros hub´s europeus, na ordem dos 20% a 25%.

Sanchez-Prieto por sua vez escusou comentar o que poderá acontecer com a integração no IAG da Air Europa, comprada ao grupo de Juan José Hidalgo, nomeadamente se irá levar a despedimentos. 

“Veremos”, disse, acrescentando de seguida que a ideia é que ninguém fique excedentário e que de momento as suas companhias aéreas são concorrentes a crescerem em paralelo.