Destaque Da Semana

ABAV Expo Volta Ao Formato Presencial No Mês De Outubro Em Fortaleza

Ethiopian Airlines Transporta 3,5M De Vacinas Covid-19 Para São Paulo, Brasil

A Ethiopian Airlines, companhia aérea líder da África, transportou 3,5 milhões de doses da vacina COVID-19 de Xangai para São Paulo, Brasil, via Addis Abeba. A vacina chegou ao Brasil na quinta-feira, 15 de abril de 2021. Até agora, o serviço de Carga e Logística da Ethiopian transportou mais de 20 milhões de vacinas para mais de 20 países.

Arquivo/BTS.news 

O CEO do Ethiopian Airlines Group, Sr. Tewolde GebreMariam, disse: “Como uma companhia aérea líder da África, aderimos à luta contra a pandemia desde o surgimento do vírus. Nosso compromisso de lutar contra a pandemia e salvar vidas tem sido inabalável na África e além. Eu sinto que nossa entrega eficiente e oportuna de vacinas salvaria milhões de vidas que poderiam ter sido perdidas por falta de acesso às vacinas. Nos dedicamos a transportar vacinas globalmente com nossa frota moderna, infraestrutura bem estabelecida e funcionários diligentes. Estou feliz que começamos a ir além da África e continuaremos a fazer nossa parte no mundo com a distribuição de vacinas. Nossos esforços colaborativos são a única saída neste momento crítico em que distribuição e transporte equitativos das vacinas são desejáveis.''

A Ethiopian Airlines aumentou sua capacidade de embarque de carga, reconfigurando suas aeronaves de passageiros e introdução de novas tecnologias. A companhia aérea se tornou a escolha de parceiros de carga como resultado de sua agilidade, capacidade de armazenar e transportar remessas sensíveis ao tempo, como produtos farmacêuticos. Teve um papel exemplar na distribuição de EPI´s em todo o mundo, o que levou à seleção do Addis Ababa Bole International Airport como hub aéreo humanitário pelas agências da ONU.

Atualmente, a Ethiopian está desenvolvendo uma instalação interna de fabricação de gelo seco que é capaz de produzir 9.000 kg de gelo por dia para atender às necessidades de refrigeração adicionais para vacinas produzidas pela Pfizer-BioNTech & Moderna que requerem ambiente ultra-frio para transporte.

É importante lembrar que transportou EPIs e outros suprimentos médicos da Etiópia para o Brasil quando eles eram desesperadamente necessários para prevenir a propagação do vírus.