Destaque Da Semana




Austrian Airlines Dá As Boas-Vindas Aos Planos Para "Passaporte Verde" Na Europa

- Comissão da UE planeja passaporte europeu de saúde digital até 1º de junho

- Vacinações, resultados de testes e convalescença devem ser documentados

- “A Europa precisa de uma abordagem comum”, diz o CEO Alexis von Hoensbroech

A Comissão Europeia apresentou ontem planos para a introdução de um "Passaporte Verde" digital à escala europeia. Ele está programado para ficar pronto em 1º de junho e documentará não apenas as vacinações, mas também os resultados de PCR e testes rápidos aprovados, além de superar infecções por COVID-19. Consequentemente, a mobilidade na UE deve ser facilitada.

Arquivo/BTS.news

“Saudamos expressamente esta iniciativa, pois representa um passo significativo para restaurar a liberdade de viagens na Europa”, disse o CEO da Austrian Airlines, Alexis von Hoensbroech. “A Europa precisa de uma abordagem comum aqui o mais rápido possível. Uma manta de retalhos de regras específicas de cada país, como é o caso atualmente, enfraquece a UE em comparação com outras regiões. Também gostaria de agradecer ao Governo Federal austríaco por sua iniciativa nesta matéria.”

Atualmente, as restrições de viagem que foram introduzidas ou alteradas em curto prazo estão reduzindo a velocidade do tráfego aéreo. Em vez de proibições e regulamentos de quarentena, testes e vacinações devem ser usados ​​em todos os níveis.

O objetivo deve ser desenvolver padrões uniformes e internacionalmente reconhecidos para testes digitais e certificados de vacinação para permitir que as pessoas viajem novamente. Isso também se aplica a viagens aéreas em todo o mundo. Uma solução globalmente uniforme que também facilite viagens intercontinentais é, portanto, um passo desejável para a Austrian Airlines.