Destaque Da Semana




Aena Registra Em Toda Rede De Aeroportos 2.229.568 Passageiros Em Fevereiro

• Foram operados 59.579 movimentos de aeronaves e 69.666 toneladas de carga transportado pela rede

• A queda continua como resultado das restrições no mercado doméstico e viagens internacionais devido à disseminação do COVID-19

Os aeroportos da rede Aena encerraram fevereiro com 2.229.568 passageiros, 86,8% a menos que no mesmo mês do ano passado, junto com 59.579 movimentos de aeronaves, 62,4% a menos, e 69.666 toneladas de carga, e queda de 16,7%.

Aeroporto de Tenerife Sur foi um dos mais atingidos neste mês com uma taxa de -91,2% no tráfego de passageiros. (© Google Imagens)

Do número total de viajantes registrados em fevereiro, 2.210.617 foram passageiros comerciais com 856.799 em voos internacionais, 92,1% a menos do que em fevereiro de 2020, e 1.353.818 em voos domésticos, uma queda de 77,2%. A queda no tráfego de passageiros continuou este mês devido a restrições em viagens tanto na Espanha como no resto do mundo causadas pela COVID-19.


Tráfego Por Aeroportos

O Aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas teve o maior número depassageiros no segundo mês do ano em 752.969, o que é um -82,9% queda em relação a janeiro de 2020. É seguido por Josep Tarradellas Barcelona-El Prat com 286.650 (-91,3%); Gran Canaria com 183.157 (-83,7%); Tenerife Norte-Ciudad de la Laguna com 147.471 (-66,4%); Palma de Maiorca com 141.657 (-84,6%), Málaga-Costa del Sol com 105.172 (-90,7%) e Tenerife Sur com 81.182 (-91,2%).

Em termos de número de operações, o aeroporto que registou o maior número de movimentos em janeiro foi Adolfo Suárez Madrid-Barajas com um total de 9.741 (-69,1%), seguido por Josep Tarradellas Barcelona-El Prat com 3.984 voos (-82,7%); Gran Canaria com 3.286 (-66,6%); Tenerife Norte-Ciudad de La Laguna com 2.602 (-53,4%); Palma de Maiorca com 2.493 (-68,6%); Málaga-Costa del Sol com 2.195 (-74%); Valencia com 1.784 (-67,2%) e Sevilha com 1.554 (-67,4%).

Os aeroportos que operam principalmente voos não comerciais com os maiores número de movimentos em fevereiro foram Madrid-Cuatro Vientos com 4.858 operações (+ 4,9%), Jerez com 3.902 (-19,7%) e Sabadell com 3.667 (-9,8%).

Em relação a mercadorias, foram movimentadas 69.666 toneladas de carga em toda a rede em fevereiro, 16,7% a menos que no mesmo mês em 2020 devido ao fato de que uma parte muito significativa do frete regular é transportada em aviões comerciais de passageiros.

Os quatro aeroportos com maior tráfego de carga foram Adolfo Suárez MadridBarajas com 36.683 toneladas (-18,6%); Saragoça com 13.456 toneladas (-1,6%); Josep Tarradellas Barcelona-El Prat com 9.007 toneladas (-33,3%); e Vitoria com 5.585 toneladas (+ 11,7%).