Destaque Da Semana

LATAM Lança Estratégias De Sustentabilidade Para Até 2050




CGH Ganha Carregamento Compartilhado De Baterias Para Smartphones

Startup Hyupp instala equipamento de aluguel automatizado de Powers Banks para manter celulares funcionando livres das tomadas

São Paulo - Basta uma volta pelo saguão de embarque de qualquer aeroporto para ver a disputa silenciosa, mas tensa entre os viajantes por uma tomada que possa carregar seus smartphones. Aqueles que conseguem garantir acesso à fonte de energia muitas vezes passam para outra fase do problema que é se manter conectado numa posição que muitas vezes dificulta a visão e a audição das informações sobre seus respectivos embarques.

Aeroporto de Congonhas, São Paulo. (© Google Imagens)

O Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, encontrou a solução para estes desconfortos com a atuação da startup Hyupp. A empresa acaba de instalar máquinas que permitem o compartilhamento de baterias portáteis (Powers Banks) nos portões 4 e 10, ambos em frente à Choperia ZEP.

O carregador portátil já possui os cabos de conexão com aparelhos iOS e Android integrados. "As máquinas devolvem a mobilidade aos usuários de smartphones. Basta pegar uma delas, conectar ao aparelho e se locomover para onde desejar e precisar. Depois que o smartphone estiver carregado, é necessário apenas procurar no aplicativo onde fica o ponto de entrega mais vantajoso de acordo com a rotina de cada usuário e se dirigir até ele para encerrar a transação", explica o CEO e sócio fundador da Hyupp, Ahmed Kadura.

Atualmente existem mais de 50 estações de recargas espalhadas em estabelecimentos comerciais na capital paulista, e a expectativa é chegar a 140 máquinas instaladas até o final de fevereiro; 400 até julho e 800 em setembro. O crescimento estimado é de 1.800% em 2021, segundo Kadura.

"De outubro em diante, nossa meta é avançar para fora de São Paulo e fechar 2021 com faturamento de R$ 1,7 milhão", diz.

Quando precisam, os usuários podem localizar as baterias disponíveis através do aplicativo e desbloqueá-las. A cobrança também é feita diretamente pelo app, via cartão de crédito, que serve como garantia de devolução.