Destaque Da Semana

AENA Disponibiliza Testes Covid-19 No Terminal De Passageiros Em Toda Rede

• O serviço visa facilitar o retorno à origem dos passageiros e turistas que devem resultar em destino ou evitar quarentenas

• Os passageiros que chegam devem trazer os resultados da origem

• Serão instalados em 15 aeroportos, aqueles com maior tráfego internacional ou mais turistas: Adolfo Suárez Madrid-Barajas, Josep Tarradellas Barcelona-El Prat, Málaga-Costa del Sol, Alicante-Elche, Valência, Sevilha, Bilbao, Palma de Maiorca, Ibiza, Menorca, Tenerife Sul, Gran Canaria, Fuerteventura, César Manrique-Lanzarote e La Palma

• Se um resultado positivo for detectado, os protocolos de teste serão ativados alerta de saúde estabelecido pelas autoridades sanitárias das comunidades autonomas

• A duração dos contratos será de seis meses, com possibilidade de um extensão de mais seis meses

• Os licitantes bem sucedidos terão um número de telefone e/ou um site para fazer reserva e deverá informar o tempo de espera pelo obtendo o resultado antes do teste

• Este serviço ajudará a facilitar o retorno dos passageiros aos seus origens

A Aena concedeu o espaço para localizar clínicas de testes diagnósticos para passageiros de saída em 15 aeroportos da rede. Os locais serão localizado nas áreas de embarque e realizará testes principalmente em passageiros que precisarão deles no aeroporto de destino, não para o que pousam nesses aeroportos, eles têm que trazê-los da origem para passar os controles de saúde realizados na rede a partir do mês de maio. Este serviço vai ajudar a facilitar o retorno dos turistas aos seus origens. Atualmente, para acessar um aeroporto para realizar esses testes será necessário ter cartão de embarque, pois o acesso é restrito a passageiros. O contrato é de 6 meses com possibilidade de prorrogação até 31 de dezembro Dezembro de 2021.

(© Google Imagens)

Os vencedores do serviço poderão realizar testes de diagnóstico de infecção ativa (PDIA) para SARS-CoV2: teste de PCR (COVID RT-PCR 19 - exsudato nasal e faríngeo); testes rápidos de anticorpos, testes rápidos detecção de antígeno ou sorologias de alto rendimento (ELISA, CLIA, ECLIA) e análises clínicas. Os testes de diagnóstico autorizados devem cumprir os regulamentos atuais sobre questões de saúde e ser aprovado pelo Ministério da Saúde.

Os estabelecimentos terão área para realização da teste e áreas de espera e isolamento, e deve preservar a privacidade do passageiro. No caso de um resultado positivo ser detectado após realizar de um PDIA para SARS-CoV-2, os protocolos de alerta serão ativados estabelecido pelas autoridades de saúde das comunidades autônomas.

Requisitos: preços não abusivos e autorização de saúde Aena exige que o preço dos testes seja competitivo e adequado, não pode ser abusivo e não pode, em qualquer caso, exceder o preço de esses mesmos testes ou serviços em estabelecimentos de referência. A partir da verdade, os vencedores do serviço foram as empresas que fizeram um desconto maior nos preços dos testes, que serão atualizando a cada mês.

As empresas vencedoras possuem experiência no setor e acreditação para a realização de análises clínicas e atividades de saúde em aeroportos e/ou no centro da cidade pelo menos nos dois últimos exercícios encerrados. Eles têm autorização administrativa da Saúde para importar, comprar, distribuir e vender suprimentos médicos (dispositivos de diagnóstico in vitro, materiais EPI).

Além disso, eles têm um laboratório de análises clínicas autorizado e qualificação profissional para realização de PCR e outros testes análise, bem como para a elaboração de relatórios de resultados de qualquer tipo de teste de laboratório.

Eles terão um número de telefone e/ou um site para realizar as reservas e deve informar o tempo de espera para o recebimento do resultado antes de fazer o teste, para que o passageiro de partida agendar sua conclusão com base no horário do voo.

Os aeroportos Adolfo Suárez Madrid-Barajas e Málaga-Costa del Sol e Sevilla serão servidos pela UTE Recoletas-Arquimea Lagben-GTT e todos os outros aeroportos pela Eurofins Megalab, S.A.U..