WTTC Certifica Mais 5 Destinos Com O Selo "Safe Travels"

O selo WTTC 'Safe Travels' continua a restaurar a confiança do consumidor globalmente

Londres, Reino Unido - Islândia, Argentina, Cazaquistão, Colômbia e Turks & Caicos são os principais destinos mais recentes a adotar o selo global de segurança e higiene do World Travel & Tourism Council (WTTC), lançado no início deste ano.

Arquivo/BTS.news

O selo Safe Travels foi desenvolvido como o primeiro de seu tipo para ajudar a restaurar a confiança dos viajantes e tem como objetivo reviver um setor de viagens e turismo, em dificuldades. Agora está sendo usado por mais de 145 destinos, incluindo os principais locais de férias, como Porto Rico, Filipinas, Portugal, Turquia e Maldivas. O selo permite que os viajantes identifiquem quais destinos em todo o mundo adotaram protocolos padronizados de saúde e higiene globais - para que possam experimentar 'viagens seguras'. Esse movimento marcante do WTTC também recebeu o apoio da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (OMT). O lançamento de protocolos globais para recuperar o setor de Viagens e Turismo foi adotado por mais de 200 CEO´s, incluindo alguns dos maiores grupos de turismo do mundo.

Gloria Guevara, Presidente e CEO do WTTC, disse: “Estamos absolutamente maravilhados com o sucesso do nosso selo Safe Travels. Mais de 145 destinos agora usam o selo com orgulho, todos trabalhando juntos para ajudar a reconstruir a confiança do consumidor em todo o mundo. A coordenação global é mais importante do que nunca no caminho para a recuperação.

“À medida que a popularidade do selo continua crescendo, os viajantes serão mais facilmente capazes de reconhecer destinos em todo o mundo que adotaram esses importantes protocolos globais padronizados, incentivando o retorno das 'viagens seguras' em todo o mundo.

“O sucesso do selo mostra sua importância tanto para os países e destinos, mas também para os viajantes e os 330 milhões de pessoas em todo o mundo que trabalham e dependem de um próspero setor de Viagens e Turismo.”

O Sr. Skarphedinn Berg Steinarsson, Diretor Geral, Conselho de Turismo da Islândia, disse:

“O Conselho de Turismo da Islândia implementou diretrizes de Limpeza e Segurança para empresas de turismo que estão trabalhando duro para aderir ao governo e à saúde pública, e está empenhado em conquistar a confiança do viajante e garantir a segurança. As diretrizes estão alinhadas com o WTTC, a quem queremos expressar nossa gratidão por seu esforço em estabelecer e desenvolver o novo selo de segurança global e protocolos de viagens seguras.

“À medida que a indústria do turismo começa a se recuperar da pandemia COVID-19 e as pessoas sentem vontade de viajar novamente, é importante que as empresas de turismo estejam prontas para receber seus hóspedes, e clientes, de forma segura, e responsável. A colaboração global com diretrizes harmonizadas é vital e nos ajuda a atingir esse objetivo, a fim de restaurar a confiança do público no setor de turismo para viagens futuras.”

Yerzhan Yerkinbayev, presidente, JSC, National Company, Kazakh Tourism, disse:

“Enquanto o mundo está mudando para um novo normal e a indústria está passando por uma tremenda transformação, nós da Kazakh Tourism acreditamos fortemente em uma única voz das empresas e governos nestes tempos difíceis. Os clientes em todo o mundo esperam segurança e protocolos abrangentes em vários estabelecimentos de turismo e, portanto, uma abordagem única que derive das empresas de turismo que formam o núcleo do WTTC é muito necessária agora do que nunca.

“O Turismo do Cazaquistão dá as boas-vindas à iniciativa Safe Travels do WTTC. Os protocolos da indústria desenvolvidos com base nas recomendações da OMS, e do CDC, são oportunos e ajudarão a ganhar a confiança do viajante. Entendemos que levará muito tempo para ver o setor se recuperar totalmente, mas, trabalhando juntos e implementando o Safe Travels, estamos um passo mais perto do objetivo.”

A adoção generalizada do selo demonstra que a WTTC e todos os seus membros de todo o mundo têm a segurança e a higiene dos viajantes como sua principal prioridade. As evidências do relatório de preparação para crises do WTTC, que analisou 90 tipos diferentes de crises nos últimos 20 anos, destacam a importância da cooperação público-privada e da implementação de protocolos padronizados. O WTTC tem estado na vanguarda da liderança do setor privado no esforço para reconstruir a confiança do consumidor global, e encorajar o retorno do Safe Travels.

De acordo com o Relatório de Impacto Econômico de 2020 do WTTC, durante 2019, Viagens e Turismo foi responsável por um em cada 10 empregos (330 milhões no total), fazendo uma contribuição de 10,3% para o PIB global, e gerando um em cada quatro de todos os novos empregos.

Comentários