Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

GOL Oferece 302 Vôos Diários E Reabre 3 Bases Em Setembro

Nova malha aérea traz o retorno das operações em Londrina, Juiz de Fora e Presidente Prudente. Em busca de maior conectividade, os hub´s de Guarulhos, Brasília e Galeão ganham o reforço das bases de Belém, Fortaleza e Salvador, responsáveis por atender mercados regionais em ascensão

São Paulo, setembro de 2020 - A GOL anunciou sua malha aérea para o mês de setembro, com 302 vôos diários nacionais e a retomada de suas bases em Londrina (LDB), no Paraná, Juiz de Fora (IZA), em Minas Gerais, e Presidente Prudente (PPB), em São Paulo, que vão se comunicar com o aeroporto internacional de Guarulhos (GRU). Vigente desde 1º de setembro, a nova malha segue até o dia 30 do mesmo mês.

Caracterizada pela atenção absoluta ao cenário atual, a grade de vôos leva em consideração as características do mercado, os horários mais convenientes para os passageiros e, sobretudo, a alta conectividade entre os mais diferentes pontos do Brasil, sem contar as rigorosas medidas de segurança, aplicadas a fim de resguardar a saúde e o bem-estar de passageiros, funcionários e parceiros.

Em comparação com o mês anterior, agosto, que somava 202 vôos diários, o número de setembro, 302, representa um crescimento de 49% em decolagens e 50% em assentos por dia. Uma realidade que atende a 135 mercados (119 operados pela GOL e 16 pela companhia aérea parceira VOEPASS), distribuídos em 60 bases nacionais - 52 delas são operadas pela própria companhia aérea e 8 pela VOEPASS. No total, são 11 novos mercados que passam a ser contemplados na malha aérea da GOL, em setembro.

Os aeroportos de Guarulhos, Brasília (BSB) e Galeão (GIG) se mantêm como os hub´s primordiais da GOL, permitindo a comunicação com vários outros pontos do Brasil, algo que já vinha acontecendo nos dois meses anteriores. Os passageiros também têm à disposição conexões importantes em outros três aeroportos de relevância: Fortaleza (FOR), Salvador (SSA) e Belém (BEL), que assumem um perfil conectivo vigoroso para atender a mercados menores, porém não menos importantes.

Fortaleza, por exemplo, passa a ter vôos para São Luís (SLZ), enquanto Manaus (MAO) retorna as frequências para Santarém (STM). Já em Salvador, são 7 destinos operados pela VOEPASS: Barreiras (BRA), Vitória da Conquista (VDC), Petrolina (PNZ), Maceió (MCZ), Porto Seguro (BPS), Aracaju (AJU) e Ilhéus (IOS).

Há mais novidades. O aeroporto de Congonhas (CGH) retorna com sua malha após um período de obras, com ligações para Porto Alegre (POA), Curitiba (CWB), Santos Dumont (SDU), Confins (CNF), Brasília (BSB), Salvador (SSA) e Recife (REC). Para o Santos Dumont, a cidade de Campinas (VCP) ganha 3 novos vôos diários, e Curitiba, Confins, Goiânia e Vitória voltam a ter operações no aeroporto central carioca (além do retorno a Congonhas).

Setembro também marca um mês completo de operações em Sorriso (SMT) e Rondonópolis (ROO), no Mato Grosso. Ambas as localidades são novos destinos contemplados na malha aérea da GOL, com vôos diretos para Brasília operados pela VOEPASS.

"Ainda que não esteja utilizando todo o seu potencial operacional, a GOL cumpre seu papel de companhia aérea número 1 do País ao direcionar-se pelo atendimento aos principais mercados brasileiros. Para setembro, vislumbramos o deslocamento de pessoas que precisam visitar familiares, de profissionais de saúde em missão contra a Covid-19 e ainda o transporte de cargas de emergência, com leve acréscimo das viagens corporativas e turísticas", afirma Rafael Araujo, diretor de planejamento de malha aérea da GOL.

Vale ressaltar que os vôos internacionais da GOL permanecem suspensos, dado o dinamismo do setor e os obstáculos que podem surgir com a evolução da pandemia.

Os bilhetes já estão disponíveis e podem ser adquiridos no site www.voegol.com.br, no aplicativo da companhia aérea, nas lojas GOL nos aeroportos, pelo telefone da Central de Relacionamento (0300 115 2121) e nas agências de viagem.

Para conhecer todos os destinos, dias e horários que compõem a malha aérea de setembro da GOL, clique em: http://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol.


Parceria Air France-KLM

O Grupo Air France-KLM, parceiro da GOL desde fevereiro de 2014, seguirá expandindo a sua presença no Brasil em setembro e outubro. Entre 7 de setembro e 25 de outubro, a KLM seguirá com operação diária em São Paulo (GRU) e quatro vezes por semana ao Rio de Janeiro (GIG) durante o período. A Air France começa voando cinco vezes por semana para São Paulo (GRU) e quatro vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG), e então evolui para um voo diário em São Paulo (GRU) e cinco vezes por semana para o Rio de Janeiro (GIG). A companhia aérea francesa planeja o retorno das operações de e para Fortaleza a partir de 10 de outubro, e então seguirá com operação três vezes por semana. No total, as companhias aéreas combinarão uma operação líder de 26 vôos por semana entre a Europa e o Brasil, que representa 59% do que o Grupo costumava voar semanalmente para o País.

Mundialmente, as companhias aéreas aumentarão a oferta - até o fim de outubro, a aérea francesa chegará a 170 destinos ou 85% de sua malha aérea habitual, enquanto a KLM chegará em mais de 150, o equivalente a 90% do que voava no mês referente. As companhias aéreas optaram por expandir o número de destinos primeiro, para que os passageiros tenham a maior escolha possível. O próximo passo é aumentar as frequências ou a capacidade, implantando aeronaves maiores em determinadas rotas.


Medidas De Segurança

A GOL tem como objetivo maior que todos a bordo tenham uma experiência segura e agradável no espaço compartilhado que caracteriza uma aeronave, principalmente neste período de pandemia.

Todos os procedimentos regulares foram reforçados, além dos já rígidos padrões de sanitização da aviação civil estabelecidos pelos órgãos responsáveis, alinhados com as recomendações da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), Organização Mundial da Saúde (OMS), Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Além disso, o padrão de Segurança operacional da GOL é reconhecido mundialmente pela certificação IOSA (IATA Operational Safety Audity). Este programa de auditoria internacional é responsável por avaliar e mensurar os sistemas de gerenciamento e de controle operacional das companhias aéreas.

Primeira companhia aérea a solicitar o uso de máscaras por todos os passageiros nos vôos em operação (desde 10/5), a GOL tem como base para essa medida as informações científicas mais recentes e as recomendações de diversos órgãos públicos pelo Brasil, e pelo mundo. A obrigação do uso das máscaras passou a ser uma questão de segurança coletiva, mais do que uma decisão individual.

Também foram implementadas avançadas medidas adicionais de limpeza e higienização dos aviões durante as paradas em solo e pernoites, com atenção redobrada aos assentos e os braços das poltronas, cintos de segurança, bandejas, piso e paredes.

Foi aprimorado o processo de limpeza noturna com o uso de um desinfetante de grau hospitalar para as galerias de serviço e todas as áreas de uso interno na cabine, incluindo a dos pilotos. Luvas e máscaras já vinham sendo distribuídas aos funcionários de ar e solo, além de a companhia aérea deixar à disposição álcool em gel para todos.

As aeronaves da GOL são equipadas com um sistema de filtro de ar HEPA, que captura de 99,9% de partículas microscópicas, como bactérias e vírus, ao promover a renovação do ar do avião a cada 3 minutos, permitindo a circulação de um ar sempre mais puro. O funcionamento, em detalhes, está nesta animação: http://tiny.cc/pibksz.

Desde o início de junho/2020, a GOL vem retomando, gradualmente, o serviço de bordo, com snacks (entregues no desembarque) e água sob demanda ao longo de todo o voo. Tudo devidamente higienizado, garantindo a segurança de todos. É lembrado ainda que o serviço de entretenimento a bordo é acessado por aplicativo no próprio aparelho celular do passageiros, o que reforça o cuidado com os procedimentos de saúde.

Medidas extraordinárias de atendimento foram adotadas a favor dos passageiros e dos funcionários, como técnicas de distanciamento social; desligamento de totens e uso de adesivos para demarcar a distância mínima durante o processo de embarque, e também, a bordo; e o fechamento da sala VIP dos aeroportos.

As novas medidas de Segurança nos aeroportos aumentam também o tempo de deslocamento interno. Com isso, a GOL solicita aos passageiros que façam o Check-In online/via aplicativo, que estará liberado (desde 1.º/7) com 48 horas de antecedência (até o limite de 1 hora) antes do voo. Se mesmo assim precisar ir ao balcão, inclusive para despachar mala, é antecipado a liberação ao passageiro para 3 horas antes do embarque, encerrando o processo 1 hora antes da abertura do portão.

Pioneira e inovadora, investindo continuamente em produtos e serviços que melhorem a experiência e otimizem o tempo dos passageiros, a GOL lançou, em julho, o Check-In diretamente no WhatsApp, também por um fluxo simplificado, orientado pela GAL, assistente virtual, com comunicações personalizadas para passageiros selecionados com viagens próximas, que ainda não realizaram a confirmação, colaborando para evitar aglomerações nos aeroportos.

A segurança com cada um que viaja, interage e trabalha na GOL está sempre em constante evolução e atenção. Ela sempre foi essencial e agora, mais do que nunca, exige atenção especial. E a GOL reforça seu compromisso com o passageiro: http://youtu.be/2nowM5-rOBk.

Comentários