Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Emirates Retoma Vôos Para Nairóbi, Bagdá E Basra

A Emirates anunciou que retomará os vôos para Nairóbi a partir de 2 de agosto, e para Bagdá e Basra a partir de 10 de agosto, expandindo sua rede e oferecendo aos clientes em todo o mundo conexões mais convenientes para Dubai, e via Dubai.


Com esses novos destinos, a rede de passageiros da companhia aérea aumentou para 67 destinos em agosto, incluindo sete destinos na África e cinco no Oriente Médio.

A Emirates fará três vôos semanais entre Nairóbi e Dubai e Basra e Dubai, e quatro vôos semanais entre Bagdá e Dubai, usando sua aeronave Boeing 777-300ER. Esses vôos podem ser reservados em emirates.com ou por meio de agentes de viagens.

Dubai aberta: Os passageiros da rede da Emirates podem viajar para Dubai, pois a cidade foi reaberta para visitantes de negócios e turismo, seguindo novos protocolos de viagens aéreas que protegem a saúde e a segurança dos visitantes, e comunidades. Para mais informações sobre os requisitos de entrada de visitantes internacionais em Dubai, visite: www.emirates.com/flytoDubai.

Cobertura global e gratuita de custos relacionados à COVID-19: Os passageiros podem viajar com confiança, pois a Emirates se compromete a cobrir todas as despesas médicas relacionadas à COVID-19 caso seus passageiros sejam diagnosticados com COVID-19 durante a viagem.

Essa assistência é oferecida pela Emirates gratuitamente a seus passageiros, independente da classe de viagem ou do destino. Esta assistência é válida para passageiros que voam pela Emirates até 31 de outubro de 2020 (o primeiro voo deve ser realizado antes ou em 31 de outubro de 2020); além disso, é válida por 31 dias a partir do momento em que o passageiro pegar o primeiro voo da sua viagem. Com isso, o passageiro da Emirates pode se beneficiar da garantia adicional dessa assistência, mesmo que viaje para outra cidade depois de chegar ao destino da Emirates.

Os passageiros não precisam se cadastrar ou preencher formulário antes de viajar, e não são obrigados a usar essa assistência fornecida pela Emirates. Qualquer passageiro que for diagnosticado com COVID-19 durante a viagem só precisará entrar em contato com a Emirates usando uma linha direta dedicada para obter assistência, e cobertura. O número da linha direta e os detalhes de quais despesas relacionadas à COVID-19 estão incluídas na assistência estão disponíveis em www.emirates.com/COVID19assistance.

Flexibilidade e confiança: Com a reabertura gradual das fronteiras, a Emirates reajustou suas políticas de reservas para oferecer aos passageiros mais flexibilidade e confiança ao planejar suas viagens. Os passageiros cujos planos de viagem foram interrompidos pelas restrições de voo ou viagem relacionadas à COVID-19 podem manter sua passagem e remarcar o voo para outro momento, pois a passagem é válida por 24 meses, ou podem solicitar vouchers de viagem para usar em futuras compras na Emirates ou ainda solicitar o reembolso usando o formulário online disponível no site da Emirates ou por meio do seu agente de reservas de viagens.

Saúde e segurança em primeiro lugar: A Emirates implementou um conjunto abrangente de medidas em cada etapa da viagem do passageiro para garantir a segurança de seus passageiros e colaboradores no solo e no ar, incluindo a distribuição de kits de higiene gratuitos com máscaras, luvas e higienizadores para as mãos e lenços antibacterianos para todos os passageiros. Para obter mais informações sobre essas medidas e os serviços disponíveis em cada voo, visite: www.emirates.com/yoursafety.

Restrições de viagem: A Emirates reforça aos passageiros que as restrições de viagem permanecem em vigor e que os viajantes só serão aceitos nos vôos se atenderem aos requisitos de elegibilidade e critérios de entrada dos países de destino. Visite: www.emirates.com/travelrestrictions.

Os residentes de Dubai podem verificar os requisitos de viagem mais recentes em www.emirates.com/returntoDubai.

Imagem: Google Imagens

Comentários