Destaque Da Semana

Costa Cruzeiros Apresenta O "Protocolo De Segurança Costa"

VINCI Airports E Amadeus Estabelecem Plataforma De Automação Em Belgrado

A modernização da TI permitirá que o maior aeroporto da Sérvia ofereça experiências personalizadas aos passageiros, simplifique os processos existentes e ofereça suporte a novos serviços

Com planos ambiciosos para modernizar o Aeroporto Nikola Tesla de Belgrado e estabelecer uma plataforma para automação, a VINCI Airports exigia um sistema completo de gerenciamento de clientes e vôos, construído para o futuro. É por isso que o aeroporto de Belgrado, como parte dos Aeroportos da VINCI, recorreu à Amadeus para transformar as operações de Check-In e gerenciamento de voo com a implantação de sua solução Altéa Departure Control for Ground Handlers. A solução abre caminho para novos serviços, proporcionando aos passageiros uma experiência personalizada, essencial para restaurar a confiança do viajante no atual ambiente de viagens alterado.


A parceria de sete anos verá a tecnologia Amadeus implantada no Aeroporto Nikola Tesla de Belgrado para otimizar os serviços e estabelecer as bases para uma maior automação para atender às necessidades de diferentes tipos de viajantes. Ao automatizar os principais processos e orientar os agentes a seguir as práticas recomendadas, os serviços podem ser personalizados com base no perfil do passageiro ou na política da companhia aérea e garantem a maximização das oportunidades de receita de última hora.

A solução da Amadeus permitirá uma abordagem eficiente de sistema único, o que significa que os agentes de assistência em terra não precisam perder tempo aprendendo como usar vários sistemas e recursos de linhas aéreas que podem ser implantados para se concentrar no atendimento aos passageiros. A capacidade de gerenciamento de voo da Amadeus será usada para centralizar o controle de carga para aumentar a eficiência e garantir que a bagagem seja carregada de uma maneira que equilibre de maneira ideal o peso da aeronave.

Enquanto isso, as companhias aéreas em breve poderão aplicar regras comerciais específicas e atender os passageiros de maneira personalizada no Aeroporto Nikola Tesla de Belgrado. As transportadoras que usam sistemas alternativos de controle de partidas não precisam mais implantá-los localmente, em Belgrado, pois os agentes agora podem acessar sistemas de terceiros a partir de uma única interface gráfica do usuário da Amadeus.

Zarko Suvacarov, COO, Aeroporto de Belgrado disse: “Nosso objetivo é fazer do Aeroporto Nikola Tesla, o futuro hub no sudeste da Europa. Com uma combinação de operadoras de serviço completo e de baixo custo, sabemos que precisamos oferecer opções para uma variedade de clientes e oferecer suporte aos serviços que eles desejam. Nosso objetivo é melhorar significativamente o nível de serviço, o conforto e a variedade de ofertas comerciais no aeroporto Nikola Tesla de Belgrado.”

Ele acrescentou: “A solução Amadeus fornece um sistema moderno, confiável e amplamente utilizado que pode otimizar nossos próprios processos internos e nos ajudar a fornecer mais serviços a companhias aéreas e passageiros. Isso inclui serviços de suporte que nos permitem adaptar rapidamente às necessidades dos viajantes."

Yannick Beunardeau, vice-presidente de TI de aeroportos, EMEA, Amadeus, acrescentou: “A VINCI Airports tem planos interessantes para Belgrado, que deve se tornar um importante centro de transporte nos Balcãs. Com o suporte de sistemas modernos e escalonáveis, Belgrado pode oferecer simultaneamente os serviços personalizados esperados pelos passageiros de hoje, além de se preparar para um futuro mais automatizado que permitirá ao aeroporto se adaptar aos novos e urgentes desafios impostos pelo COVID-19.”

A VINCI Airports assinou um contrato de concessão de 25 anos em março de 2018 para financiar, operar e modernizar o aeroporto, com a VINCI Airports assumindo o controle em dezembro de 2018.

A VINCI Airports visa aumentar o número de passageiros usando o Aeroporto de Belgrado Nikola Tesla de 6,2 milhões de passageiros por 15 milhões de passageiros dentro da sua concessão.

Imagem: Google Imagens