Destaque Da Semana

Costa Cruzeiros Apresenta O "Protocolo De Segurança Costa"

Jamaica Anuncia Reabertura De Fronteiras Ao Estrangeiro Dia 15 De Junho

A Jamaica anunciou que reabrirá as fronteiras para viajantes internacionais em 15 de junho. O país está repatriando 8.000 cidadãos jamaicanos que estavam no exterior por conta das restrições de viagem relacionadas ao COVID-19.

Praia de Negril, Jamaica. (Google Imagens)

Além disso, foi anunciado um extenso conjunto de protocolos operacionais, incluindo testes de saúde antes e depois da entrada, que serão implementados para mitigar riscos para trabalhadores, comunidades, e turistas. Desde o planejamento da viagem até a chegada ao destino, os protocolos cobrem todas as etapas da jornada do visitante, incorporando o ciclo de vida da prevenção, detecção e resposta.

A segurança é indispensável para um setor de turismo resiliente e sustentável. Este é o maior motor econômico do país. A indústria turística da ilha emprega 130.000 trabalhadores diretos e impacta outros 120.000 empregos em outras indústrias (água, agricultura, energia, entre outros), sendo o combustível de mais de um terço da economia do país.

"O turismo é uma força vital de nossa economia e, com a ajuda de especialistas internacionais e uma força-tarefa dedicada, desenvolvemos protocolos que nos permitem reabrir nossas fronteiras de forma segura", disse Donovan White, diretor de turismo da Jamaica. "Estamos confiantes de que, assim que houver uma retomada da economia, os jamaicanos trabalharão em conjunto para garantir uma experiência segura e inigualável para nossos trabalhadores do turismo, suas famílias e turistas, preservando experiências autênticas que os viajantes buscam quando visitam nossas faixas litorâneas."

O governo jamaicano trabalhou em grande colaboração com parceiros internacionais para desenvolver protocolos de turismo voltados para a saúde pública, que foram projetados com base em benchmarking, globalmente, para incluir quase 20 mercados no Caribe, bem como agências de saúde globais. O desenvolvimento deste protocolo também incluiu uma consulta abrangente a agências governamentais locais, incluindo os Ministérios da Saúde e Bem-Estar, da Segurança Nacional e Relações Exteriores, além do setor privado, sindicatos e parceiros internacionais dentro e fora da indústria do turismo, incluindo o Conselho Mundial de Viagens e Turismo, Centros para Controle e Prevenção de Doenças, o Banco Mundial, a PriceWaterhouseCoopers e bancos de financiamento do desenvolvimento.

Até 14 de junho os jamaicanos que retornarem à ilha passarão por verificações de temperatura e uma triagem com autoridades de saúde pública. Eles precisarão ficar em quarentena em casa por 14 dias e serão monitorados via telefone ou por pulseiras de geofencing.  Após 15 de junho, todos os visitantes serão submetidos a triagens que incluem medição de temperatura e observação de sintomas. Se a temperatura for elevada, o visitante estará sujeito a verificação adicional, incluindo testes, se necessário. Qualquer pessoa que apresentar sintomas ou estiver doente, será posta em quarentena.

Os protocolos de saúde e segurança da Jamaica serão revisados a cada duas semanas, prazo consistente com a abordagem do governo para avaliar a situação global do COVID-19. À medida que descobertas médicas e sobre o vírus avançam ou grupos de risco mudam, a Jamaica fará as revisões necessárias e apropriadas dos respectivos protocolos.

Para mais informações sobre os Protocolos de Saúde e Segurança da Jamaica, acesse o site www.jtbonline.org.

Visite o blog do JTB (Escritório de Turismo da Jamaica) em www.islandbuzzjamaica.com.

Imagem: Google Imagens