Destaque Da Semana

Iberia Reduz Estrutura Para Enfrentar Crise De Covid-19

Ryanair Planeja Operar 40% De Sua Programação De Vôos Em Julho

A Ryanair, maior companhia aérea da Europa, anunciou hoje que planeja operar 40% de sua programação normal de vôos em julho, como a Espanha neste fim de semana anunciou que removeria as restrições de viagens e visitantes a partir de 1º de julho, refletindo os planos anteriores anunciados por Itália, Chipre, Grécia e Portugal para reabrir seus hotéis e praias para a principal temporada de férias da família de julho a agosto.

Arquivo/BTS.news

A Ryanair oferecerá vôos diários de países de todo o norte da Europa, incluindo Irlanda, Reino Unido, Bélgica, Holanda, Alemanha, para os principais aeroportos de férias de Portugal, Espanha, Itália, Grécia e Chipre a partir de 1º de julho.

Para comemorar o levantamento dessas restrições de viagens na Europa, a Ryanair lançou uma venda de assentos para viagens em julho e agosto com tarifas a partir de apenas € 29,99, só ida, mas esses assentos devem ser reservados até meia-noite de quinta-feira, 28 de maio.

O CEO da Ryanair, Eddie Wilson, disse:

“Após 4 meses de bloqueio, congratulamo-nos com essas medidas dos governos da Itália, Grécia, Portugal, Espanha e Chipre para abrir suas fronteiras, remover restrições de viagens e eliminar quarentenas ineficazes. As famílias irlandesas e britânicas, que estão sujeitas a bloqueio nas últimas 10 semanas, agora podem reservar suas férias em família tão necessárias na Espanha, Portugal, Itália, Grécia, e outros destinos do Mediterrâneo, para julho e agosto, antes das escolas voltarem em setembro

A Ryanair oferecerá até 1.000 vôos diários a partir de 1º de julho, e temos uma gama de vendas de assentos com tarifas baixas, perfeitas para a escapada de verão, que sabemos que muitos pais e filhos aguardarão ansiosamente quando sairmos do confinamento, e nas férias escolares.

Todos os vôos da Ryanair operarão com novas diretrizes de saúde, que exigirão que todos os passageiros (e equipes da Ryanair) usem máscaras o tempo todo nos terminais do aeroporto e a bordo de nossas aeronaves, em conformidade com as diretrizes da UE.

Estamos ansiosos para receber milhões de passageiros da Ryanair e suas famílias de volta a bordo, e levá-los de férias quando as economias da Europa começarem a se recuperar desses difíceis confinamentos recentes, que tiveram tanto sucesso em reverter a propagação do vírus Covid-19.”