Destaque Da Semana

ITB Asia Retorna Ao Formato Físico Em Cingapura No Final De Outubro De 2021




Espanha Indica Quebra De 3,6 Milhões De Turistas Estrangeiros Em Março

Espanha, que foi um dos países do mundo mais afetados pela pandemia de Covid-19, tanto em número de infectados quanto de mortos, sofreu no mês de Março uma quebra das chegadas de turistas estrangeiros que atinge 3,6 milhões.

Arquivo/BTS.news

Os dados divulgados na sexta-feira (08) pelo INE espanhol indicam uma quebra das chegadas de turistas residentes no estrangeiro no mês de Março em 64,3%, para 2,018 milhões, com a qual o balanço do primeiro trimestre fica também “no vermelho”, com uma quebra em 25,6% ou 3,6 milhões, para 10,58 milhões.

A informação indica que a quebra no mês de Março compreendeu decréscimos de 64,2% ou 712,5 mil chegadas do Reino Unido, seu maior emissor, para 397,1 mil, e de 65,7% ou 531,2 mil da Alemanha, segundo maior emissor, para 277,8 mil.

A queda mais forte foi das chegadas de Itália, que era o país com mais mortes pela Covid-19, com um decréscimo em 78,2%, para 69,8 mil.

As chegadas de turistas residentes em Portugal baixaram 62,3% ou 115 mil em Março, para 69,6 mil.

No trimestre, Espanha teve um decréscimo das chegadas de residentes em Portugal em 20,3% ou 95,6 mil, para 376 mil.

As chegadas do Reino Unido caíram 27,8% ou 780 mil no trimestre, para dois milhões, e as chegadas da Alemanha baixaram 29,9% ou 560,9 mil, para 1,31 milhões.

Assim, o segundo maior emissor para Espanha no primeiro trimestre foi França, ainda que em quebra em 20,1% ou 339,9 mil, com um total de 1,34 milhões.

Fonte: PressTur