Destaque Da Semana

Turismo De Portugal Já Concede Certificados De Limpeza E Prevenção Da Covid-19

As empresas turísticas já podem exibir selos que garantem que cumprem requisitos de limpeza e prevenção da Covid-19, uma medida alegadamente para dar confiança aos turistas, mas de que o Turismo de Portugal apenas aponta generalidades relativamente ao que está garantido em matéria de “higienização necessária para evitar riscos de contágio”.


Em mais um exemplo de defesa da língua portuguesa, o selo denomina-se “Clean & Safe” e, segundo um comunicado do Turismo de Portugal, “exige a implementação nas empresas de um protocolo interno que, de acordo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde, assegura a higienização necessária para evitar riscos de contágio e garante os procedimentos seguros para o funcionamento das atividades turísticas”.

Os estabelecimentos que receberem o certificado serão alvo de “auditorias aleatórias” do Turismo de Portugal “em coordenação com as entidades competentes”, acrescenta o instituto.

O selo tem a validade de um ano, é gratuito, opcional e pode ser obtido online, sendo que “depois de submetida a Declaração de Compromisso por parte das empresas, estas podem utilizar o selo «Clean & Safe», quer fisicamente nas suas instalações quer na sua presença nas plataformas digitais”.

A certificação pode ser obtida nas plataformas digitais do Turismo de Portugal: RNET (Registro Nacional dos Empreendimentos Turísticos), RNAAT (Registro Nacional dos Agentes de Animação Turística) e RNAVT (Registro Nacional dos Agentes de Viagens e Turismo), estando associado ao número de registro da entidade.

Podem candidatar-se empreendimentos turísticos, empresas de animação turística e agências de viagem (empresas que possuem registro junto da Autoridade Turística Nacional).

O Turismo de Portugal diz também que o selo “Clean & Safe” pretende “não apenas transmitir às empresas informação sobre as medidas mínimas necessárias de higiene e limpeza dos estabelecimentos, como promover Portugal como destino seguro do ponto de vista de cuidados com a propagação do vírus, com uma atuação coordenada por parte de todas as empresas do setor, e que se alargará brevemente a outras áreas de atividade conforme inúmeras manifestações de interesse”.

Fonte: PressTur