Destaque Da Semana

Sem Apoio Do Governo Virgin Atlantic Está Em Perigo De Colapso

O fundador Richard Branson, da Virgin Atlantic, alertou que as companhias aéreas podem estar em perigo iminente de colapso sem o apoio do governo.


O empresário disse em uma carta aberta aos funcionários que a pandemia de coronavírus havia criado o ambiente de negociação mais desafiador que a companhia aérea já enfrentou.

Branson instou as autoridades a fornecer capital à Virgin Atlantic, em dificuldades em termos comerciais; e refutou alegações de que ele estava buscando dinheiro livre.

Juntamente com a equipe da companhia aérea, ele deseja fazer tudo para mante-la funcionando – mas eles precisarão do apoio do governo para conseguir isso diante da severa incerteza em torno das viagens de hoje, e sem saber por quanto tempo os aviões ficarão aterrados. Isso seria na forma de um empréstimo comercial, e não será dinheiro de graça; e a companhia aérea pagaria de volta.

Muitas companhias aéreas em todo o mundo precisam de apoio do governo e muitas já a receberam, e sem apoio não haverá mais concorrência, e centenas de milhares de empregos serão perdidos, juntamente com conectividade crítica e enorme valor econômico.

Acredita-se que a Virgin Atlantic, que pertence ao Virgin Group, que detém uma participação de 20%, a Air France-KLM (31%) e a Delta Air Lines (49%) estão buscando 500 milhões de libras do governo britânico. Os pedidos foram rejeitados após não explorarem fontes alternativas de financiamento.

A Virgin Australia também está buscando apoio do governo.

Créditos: Travel And Tour World
Imagem: Google Imagens