Destaque Da Semana

LATAM Lança Estratégias De Sustentabilidade Para Até 2050




Lufthansa Coloca Mais De 3/4 Do Staff Em Horário Reduzido

Grupo garante 90% do ordenado em novo regime de horário

O grupo Lufthansa, devido à pandemia do novo coronavírus, chegou a acordo com os seus conselhos de trabalho e sindicatos para colocar em regime de horário de trabalho reduzido 3/4 dos seus funcionários, mantendo 90% do seu ordenado base.


Mais de 27.000 empregados da Lufthansa, mais especificamente das equipas de cockpit, cabine e de apoio no solo, vão entrar em regime de horário reduzido de trabalho, mantendo 90% do ordenado base.

Estas medidas já estão sendo aplicadas às empresas do grupo com contratos de trabalho alemães, e vão ser aplicadas às companhias aéreas do grupo na Áustria, Suíça e Bélgica. A Lufthansa destaca em comunicado que o período durante o qual estas condições salariais se vão manter depende da duração da crise.

O horário de trabalho pode ser reduzido até 100%, sendo que para alguns funcionários as horas reduzidas começaram retrospectivamente no mês de Março. O grupo afirmou que ainda não chegou a acordo com o sindicato Vereinigung Cockpit. A administração e a gestão do grupo abdicaram voluntariamente de parte dos seus salários, sendo que na Alemanha, estes cortes vão vigorar até final de Setembro.

O conselho de supervisão abdicou de um quarto do seu salário, enquanto que o conselho executivo abdicou de um quinto. Os diretores e gestores não afetados pelos horários de trabalho reduzidos abdicaram de 10% a 15% do seu salário mensal.

A Lufthansa afirmou ainda que a proposta para descontinuar o pagamento de dividentos do ano financeiro de 2019 ajuda a assegurar liquidez para o grupo.

Fonte: PressTur